Campanha de vacinação contra Paralisia infantil 2009 – Poliomielite

Neste sábado (20/06) a Secretaria Estadual da Saúde pretende vacinar, das 8h às 17h, pelo menos 3,1 milhões de crianças até 5 anos de…

vacina

Neste sábado (20/06) a Secretaria Estadual da Saúde pretende vacinar, das 8h às 17h, pelo menos 3,1 milhões de crianças até 5 anos de idade contra a paralisia infantil. A expectativa é de 95% de adesão, já que o estado tem cerca de 3,2 milhões de crianças nessa faixa etária.

A campanha terá cerca de 18 mil postos de vacinação, fixos e volantes, 52 mil profissionais e 4,7 milhões de doses de vacinas contra poliomielite estarão à disposição em todo o estado de São Paulo.

A prevenção é o método mais seguro de controlar doenças. No caso da poliomielite a vacina é a única arma. É importante relembrar que a vacinação contra a paralisia acontece em duas etapas: a primeira agora 20 de junho e a segunda em agosto. As crianças precisam comparecer aos postos nessas duas datas.

Além da vacina contra paralisia, as crianças poderão tomar as vacinas que estão em atraso na caderneta, como a Tetravalente, Tríplice viral e contra Hepatite B.

A paralisia é uma doença grave, que pode ser evitada com a vacinação. Por isso é importante levar as crianças nessas duas etapas. A vacina é segura e os efeitos colaterais são extremamente raros. Porém, são caracterizados por febre, mal-estar, cefaléia e, em certos casos, a poliomielite deve ser imediatamente notificada para a vigilância epidemiológica da região.

Não deixe de levar seu filho (a) para a vacinação deste fim de semana. São apenas duas gotinhas e não dói nada.


Top