Calçadas: dicas de reforma e manutenção

A calçada é um elemento muito importante nas áreas urbanas. Ela permite a circulação dos pedestres e melhora a qualidade de vida na cidade.…

A calçada é um elemento muito importante nas áreas urbanas. Ela permite a circulação dos pedestres e melhora a qualidade de vida na cidade. Além de oferecer um espaço seguro para caminhar, a calçada também é responsável por abrigar a maior parte da vegetação urbana.

A reforma da calçada precisa respeitar o padrão arquitetônico. (Foto:Divulgação)

Em algumas regiões do país, as calçadas se encontram deterioradas e aumentam o risco de causar acidentes. As principais vítimas são os idosos, que acabam não visualizando as irregularidades do chão e levam tombos que comprometem a saúde.

Quando não são cuidadas adequadamente, as calçadas podem apresentar diferentes tipos de problemas, como rachaduras, buracos e degraus. Recentemente, a atriz Beatriz Segall, de 86 anos, tropeçou em uma calçada de pedra portuguesa emburacada e bateu com o rosto no chão. Ela sofreu um sério hematoma no olho e pretende processar a Prefeitura do Rio de Janeiro.

A calçada é responsabilidade de quem?

A calçada residencial é responsabilidade do proprietário do imóvel, mas cada cidade adota as suas próprias regras para melhorar as condições deste elemento urbano Em São Paulo, se a calçada apresentar danos que comprometem a segurança das pessoas, a multa estipulada é de R$ 300 por metro quadrado de calçada em mau estado.

A Prefeitura é responsável pela calçada do espaço público. (Foto:Divulgação)

Se a calçada com problemas estiver situada em uma área pública, então a responsabilidade de consertar é da administração municipal.

Na capital paulista, já existe um serviço de atendimento chamado Disk Calçada (156), que tem como objetivo atender denúncias de irregularidades nas calçadas. Com o trabalho da central, está mais fácil fiscalizar 34 mil quilômetros de calçadas de São Paulo.

Leia Também:  Caixa de Água Tigre 500, 1000 Litros Preços

Reforma e manutenção da calçada: dicas

Confira a seguir dicas para reforma e manutenção da calçada:

• Antes de reformar a calçada, é importante obter informações sobre qual o padrão arquitetônico da prefeitura da cidade.

• Os materiais de construção mais recomendados para construir ou reformar calçadas são: blocos intertravados drenantes de concreto, fibras naturais ou borracha de pneu reciclado.

A calçada deve ser reformada ou construída com materiais apropriados. (Foto:Divulgação)

• Os cuidados com manutenção e assentamento são maiores em casos de calçadas de ladrilhos hidráulicos, granilites, mosaico português e pedra Miracema.

• Se a calçada for larga, ela deve reservar uma faixa para postes, árvores e lixeiras.

• A faixa da calçada destinada a circulação de pedestres deve ser firme, contínua e antiderrapante.

• A faixa da calçada, situada junto ao imóvel pode ter bancos, floreira e vegetação.

• Ao adquirir os materiais de construção para a calçada, é sempre importante pensar na facilidade de circulação do pedestre.

• A largura da calçada para garantir uma passagem tranquila ao pedestre é de 1,20 metro.

• Em casos de imóvel alugado, a manutenção da calçada também é uma responsabilidade do locatário.

Top