Cabelos oleosos: dicas para cuidar

Todas as pessoas têm lá suas queixas, em relação aos cabelos, por melhores que eles sejam. Durante o verão, entretanto, qualquer tipo de cabelo…

Todas as pessoas têm lá suas queixas, em relação aos cabelos, por melhores que eles sejam. Durante o verão, entretanto, qualquer tipo de cabelo pode ser danificado – o que compromete a boa aparência. Além das agressões externas, como sol, cloro, vento ou sal marinho, o verão faz com que as pessoas transpirem mais, principalmente no couro cabeludo. Portanto, qualquer pessoa ganha, naturalmente, mais oleosidade nos fios. Agora, imagine aquela pessoa que já tem os cabelos oleosos? Além da produção normal diária de sebo, ainda se ganha um extra, com o excesso de suor, na cabeça. A situação fica ainda mais complicada. Não é fácil ter uma aparência de sujeira constante quando, na verdade, os fios são lavados, diariamente.

Mesmo estando limpos, os cabelos oleosos parecem estar sujos (Foto: Divulgação)

Para que os cabelos oleosos fiquem sempre bonitos, é preciso cuidá-los, com produtos adequados à proteção, em relação aos agentes externos, que se intensificam no verão. Hidratações, protetor solar para cabelos, leave-in para as pontas e protetores termoativados devem continuar entre os produtos que cuidam dos fios. Além destes, os cuidados com cabelos oleosos ainda envolvem outros detalhes. Confira algumas dicas, a seguir.

Lavagem dos cabelos oleosos

Por pior que os fios possam parecer, lavá-los em excesso não é a melhor solução, para que se mantenham limpos. Uma lavagem diária é suficiente. Dentre os shampoos e condicionadores para cabelos oleosos, aqueles com fórmulas mais leves e transparentes são os mais indicados. Caso o produto não tenha tais características, a dica é dissolvê-lo em um pouco de água, antes da aplicação. É bom ressaltar que o condicionador deve ficar o mais longe possível da raiz. Portanto, aplique-o somente no comprimento dos fios.

Água fria e secagem natural ajudam a combater o problema (Foto: Divulgação)

Ainda em relação ao banho, nunca se deve usar água quente, pois isso fará com que as glândulas sebáceas trabalhem ainda mais, produzindo mais óleo. Quanto mais fria a água, melhor. Outra dica é não abusar de shampoos antirresíduos. Eles devem ser usados, no máximo, duas vezes por semana. Mais do que isso e o cabelo tenderá ao ressecamento. Outra sugestão é fazer massagens no couro cabeludo, com algum produto esfoliante, próprio para os cabelos. Esse peeling irá contribuir com a limpeza dos poros, onde se acumulam restos de sebo. Deve-se esfoliar a cabeça, uma vez ao mês.

Leia Também:  Enxoval de bebê: o que comprar primeiro

Bons hábitos para cabelos oleosos

O secador deve ficar longe do couro cabeludo (Foto: Divulgação)

 

Sempre que lavar os cabelos oleosos, é indicado que eles sequem, naturalmente. Os processos mecânicos de secagem, como o secador, contribuem para o aumento de óleo, devido ao calor que emanam. Caso necessite usá-lo, posicione-o a uma distância de 15 centímetros dos fios.

Finalmente, a dica é evitar escovar demais ou passar muito as mãos, nos fios. Isso faz com que se produza mais óleo nos cabelos. A última dica é carregar, na bolsa, um shampoo que limpa a seco. Ele é um spray que deposita uma espécie de pó na raiz, neutralizando o óleo do local. Assim, caso surja algum compromisso e não se possa tomar um banho, antes, basta borrifá-lo nos fios e eles ficarão com um aspecto melhorado.

Conheça um produto interessante: Pente antioleosidade para os cabelos

Saiba o que é o shampoo a seco: Shampo a seco: vantagens, como usar

 

Top