Brasil vence os Estados Unidos e lidera a Copa do Mundo de vôlei

A Seleção Brasileira masculina de vôlei fez sua segunda vítima na Copa do Mundo de vôlei do Japão. Depois de vencer a Seleção do…

Equipe brasileira abusou da qualidade nos bloqueios e nos saques para detonar os Estados Unidos

A Seleção Brasileira masculina de vôlei fez sua segunda vítima na Copa do Mundo de vôlei do Japão. Depois de vencer a Seleção do Egito na estreia, os comandados de Bernardinho voltaram à quadra na madrugada desta segunda-feira e venceram os Estados Unidos por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 25/18, 16/25 e 25/16. A vitória manteve os brasileiros na liderança geral do Mundial, ao lado da Polônia, com seis pontos cada.

Com uma boa exibição de Leandro Vissotto e de Lucão, a equipe verde e amarela foi superior durante todo o duelo e não deu chances aos norte-americanos. O primeiro set começou bastante equilibrado, com as duas equipes colocando apenas um ponto de vantagem sobre o rival. Entretanto, após a metade do set, os brasileiros abriram vantagem, chegaram a fazer 21 a 16 e apenas administraram a vantagem para fechar o set em 25 a 17.

A segunda parcial do duelo foi marcada pelo ótimo aproveitamento de saque do time brasileiro. Com Vissotto inspirado e acertando seguidos saques, o Brasil saltou na frente do placar e não deu chances para os Estados Unidos se recuperarem. No final, o Brasil utilizou sua principal arma para fechar o set. Leandro Vissotto, com um ace, fez 25 a 18 para a Seleção Brasileira.

Atrás no marcador, os Estados Unidos voltaram concentrados para o terceiro set e mostraram porque são os atuais campeões olímpicos. Desde o início da parcial, os norte-americanos passaram na frente do placar. O Brasil tentou uma reação, principalmente, por meio dos bloqueios de Lucão. Mas a reação não foi suficiente para evitar a derrota brasileira no set por 25 a 16.

O quarto set teve início com a Seleção dos Estados Unidos melhor em quadra. Porém, o Brasil entrou no jogo novamente e, aos poucos, começou a impor seu ritmo na partida. Sidão cresceu em quadra e com dois pontos consecutivos colocou o Brasil em vantagem no marcador. Depois disso, foi só controlar a diferença para fechar o set em 25 a 16 e o jogo em 3 sets a 1.

Ainda pela primeira fase da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira volta à quadra para encarar a Itália, na madrugada desta terça-feira, às 4h (horário de Brasília).

Top