quinta-feira, 11 de agosto de 2022 - 11/08/2022 02:23:32
MundodasTribos

As empresas e órgãos públicos oferecem uma série de benefícios para os seus colaboradores. Entre os mais inusitados, vale ressaltar o auxílio-funeral, que consiste numa remuneração para arcar com os gastos que envolvem o falecimento de um servidor.

O auxílio-funeral é pago ao cônjuge, aos filhos, pais ou irmãos. (Foto:Divulgação)

O auxílio-funeral é uma forma de amenizar um dos momentos mais difíceis da família, que pode não ter dinheiro para arcar com as despesas do velório, caixão, flores, cortejo e sepultamento.

O que este artigo aborda:

Entenda o auxílio-funeral

O auxílio-funeral é um benefício que está previsto art. 226 da Lei 8112/90. Ele tem como objetivo prestar assistência financeira à família do servidor falecido. Normalmente o dinheiro é usado para arcar com as despesas do funeral.

O valor do auxílio-funeral corresponde a um mês de remuneração do servidor falecido e será pago ao cônjuge. Na falta de um companheiro, o benefício vai para quem conseguir provar uma ligação próxima com o falecido através de pelo menos três documentos.

O dinheiro deve ser usado para pagar as despesas do funeral. (Foto:Divulgação)

O benefício póstumo deve ser solicitado pela família o quanto antes após o falecimento do servidor, afinal, ele prescreve em cinco anos a partir da data de óbito.

Cada empresa ou órgão público trabalha de uma forma para liberar o auxílio-funeral. Normalmente é necessário apresentar uma série de documentos que comprovem a situação, como cópia da certidão de óbito, comprovante de despesas com o funeral e RG e CPF do requerente.

Pensão por morte, outro benefício póstumo

A pensão por morte é um benefício previdenciário pago aos dependentes do segurado falecido. A assistência financeira normalmente vai para o cônjuge e os filhos não emancipados menores de 21 anos. Dependendo da situação familiar do falecido, a pensão também pode ir para os pais ou para os irmãos.

Quando o segurado morre, sua família não fica desamparada. (Foto:Divulgação)

Para solicitar a pensão por morte, é necessário acionar a central de atendimento através do telefone 135. Outra forma oferecida pela previdência é através do site DATAPREV, que permite fazer o requerimento online.

O beneficiário da pensão por morte vai marcar um dia de atendimento em uma Agência da Previdência Social. Na data, ele deve apresentar uma série de documentos para ter direito a assistência.

O valor da pensão por morte pode ser acumulado com seguro desemprego, auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria e salário-maternidade. Se a pessoa que recebe a pensão por morte se casar novamente, ela não perde o direito ao benefício, mas também não pode acumular a pensão referente a outro cônjuge.

 

O conteúdo "Auxílio-funeral: o que é" foi feito por Isabella Moretti e distribuído por MundodasTribos na categoria Serviços em . Conteúdo atualizado em .

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Máquina de Lavar Roupa Frontal LG

Máquina de Lavar Roupa Frontal LG

Empréstimo consignado

Empréstimo consignado

Case para Ipad Apple, Modelos, Preços

Case para Ipad Apple, Modelos, Preços

Telefônica Lista Assinantes

Telefônica Lista Assinantes

Lojas Americanas Notebooks Em Promoção HP, Positivo, Dell

Lojas Americanas Notebooks Em Promoção HP, Positivo, Dell

Como Cancelar Netflix

Como Cancelar Netflix