Anvisa suspende fabricação e venda de seis cosméticos

Anvisa suspende fabricação e venda de seis cosméticos, além da sua distribuição. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez essa suspensão para cosméticos …

Anvisa suspende fabricação e venda de seis cosméticos, além da sua distribuição. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fez essa suspensão para cosméticos  que estavam sem registro ou sem autorização. Esses produtos devem ser recolhidos dos estabelecimentos comerciais e você precisa ficar de olho, para que se mesmo que esteja a venda você não compre e denuncie.

Anvisa suspende fabricação e venda de seis cosméticos (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Escova Progressiva Aprovada Pela Anvisa

Anvisa suspende fabricação e venda de seis cosméticos

Anvisa suspende fabricação e venda de seis cosméticos, sendo eles:

– Selante térmico de 1 litro Trend Liss, fabricado pela Eternity Cosméticos;
– Selante térmico de 1 litro da marca Speed Hair – Complex Reduction, fabricado pela Denco Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda;
– Máscara hidratante de 300 g da Larissa Hair, de fabricação desconhecida;
– Redutor para cabelos da Zahhara Profissional – Tratamento Capilar Indiano, do fabricante Marco Antonio de Souza Cosméticos;
– Fly professional de 1 litro para escova progressiva da Prolab, de fabricação desconhecida.

Anvisa proíbição cosméticos (Foto: Divulgação)

Sem endereço cadastrado para receber notificações

A situação dessas empresas é tão precária e segundo informações do Diário Oficial, as companhias responsáveis pela fabricação das mercadorias não possuem endereço cadastrado na Anvisa e nenhuma tem cadastro e autorização para o seu funcionamento. Essas empresas não possuem nem CNPJ cadastrado ou o CNPJ não tem validade legal.

Saiba mais informações sobre: Lista De Cosméticos Reprovados Pela Anvisa

 

Cuidado com os cosméticos que usa (Foto: Divulgação)

Empresas não encontradas

A Denco Indústria, o fabricante Marco Antonio de Souza Cosméticos e a Eternity Cosméticos não forma encontradas para prestar esclarecimentos e a empresa Prolab Indústria e Comércio enviou  uma nota explicando que o produto Fly professional de 1 litro para escova progressiva “não tem relação e/ou ligação com a empresa ou qualquer um dos seus tratamentos”.

Anvisa tira alguns produtos de circulação (Foto: Divulgação)

Perigos de consumir produtos que não certificados pela Anvisa

A Anvisa sempre testa e certifica-se que os produtos estão seguindo as normas de segurança detalhadas na embalagem e que devem seguir para que o consumidor não fique em risco. A Anvisa investiga sempre os produtos e testa para saber se a composição deles está adequada as normas de segurança necessária. Por isso, tudo precisa ter um registro pela Anvisa para receber uma certificação.

Leia Também:  A.A, Alcoólicos Anônimos

Top