Animais com deficiência: cuidados

Os animais deficientes sem dúvida são muitos, de modo que o seu número aumenta a cada dia. Este fator é um grande empecilho para…

Os animais deficientes sem dúvida são muitos, de modo que o seu número aumenta a cada dia. Este fator é um grande empecilho para a adoção, uma vez que as pessoas, para não disporem de trabalho, optam pelos mais saudáveis e que demandam de menos cuidados.

Os animais deficientes precisam de uma atenção redobrada, como também de muito amor e carinho (Foto: Divulgação)

As causas de deficiências em animais são muitas: desde fatores genéticos aos maus tratos, nossos companheiros sofrem por não disporem da devida atenção de um dono que realmente os ame e querem, acima de tudo, o seu bem. Por incrível que pareça, algumas pessoas ainda abandonam seus amigos nas estradas, ocasionando deficiência física em um cão ou em um gato por acidente.

Para acabar com esse triste caso, devemos optar por adotar um animalzinho deficiente, a fim de oferecer-lhes todo o suporte necessário. Nessa matéria versaremos sobre os cuidados ao se ter com animais deficientes:

Animais cegos

Os animais deficientes visuais precisam desenvolver o seu olfato, audição e tato. Para isto, contribua com ele deixando sempre sua ração e água em um mesmo lugar e estabelecendo horários e ritmos para os petiscos e brincadeiras.

Proteja seus ambientes e seja um bom guia de seu animalzinho cego (Foto: Divulgação)

Proteja também a quina dos móveis e os locais de risco, e se possível, insira tapetes antiderrapantes em locais lisos para que o bichinho não se machuque ao caminhar pelo ambiente. Se você possui outros companheirinhos em casa, coloque também um pequeno sino em suas coleiras, para que o animal cego possa notar a sua presença.

Por fim, avise aos seus convidados sobre a deficiência visual de seu animal de estimação, para que estes permitam que o cão se familiarize com sua presença antes de oferecerem-lhe carinho.

Continuar Lendo  Truques simples para organizar a casa

Animais deficientes físicos

Para cada deficiência existe um tipo de tratamento. Isto é, os animais com problemas de movimentação precisam passar por sessões de fisioterapia, além das cirurgias indicadas neste aspecto. Já os animais paraplégicos ou tetraplégicos devem receber cuidados especiais durante todo o dia, pois podem precisar de ajuda na hora da alimentação.

Veja locais que oferecem cirurgias gratuitas para cães.

Para cada tipo de deficiência há um tratamento ou recurso que amenize o problema (Foto: Divulgação)

Entretanto, a base para conseguir manter uma vida feliz entre você e o seu bichinho de estimação reside no amor incondicional, que implica em aceitação e verdadeira compaixão pelos seres que compartilham conosco de um mesmo planeta. Afinal, já dizia o ditado: “Quem vive na luz da verdade, vê a Deus em todos os seres”. Portanto, seja diferente e adote já um animal deficiente!

Leia também: Clínica veterinária gratuita.

Top