Travesseiro: como escolher o certo

Para desfrutar de uma boa noite de sono, é necessário tomar alguns cuidados para escolher o travesseiro ideal. O acessório precisa ser confortável em…

A escolha do travesseiro ideal melhora a qualidade do sono.

Para desfrutar de uma boa noite de sono, é necessário tomar alguns cuidados para escolher o travesseiro ideal. O acessório precisa ser confortável em primeiro lugar, possuindo uma maciez perfeita para repousar a cabeça e relaxar. O tipo de material usado na confecção também assume caráter importante para a escolha certa.

Há vários tipos de travesseiros disponíveis a venda nas lojas, uma variedade capaz de satisfazer todos os gostos e bolsos. Na hora da compra, os consumidores precisam tomar muito cuidado com os produtos baratos demais, isto porque a qualidade pode estar comprometida.

Quem erra na escolha do travesseiro acaba tendo a saúde e o bem-estar prejudicados. Desta forma, é comum sentir dificuldades para dormir, dores no corpo e problemas de coluna. Para evitar os transtornos de uma noite mal dormida, é necessário considerar vários fatores para acertar no tipo certo de travesseiro.

Dicas para escolher o travesseiro ideal

Leve em conta o material, a altura, densidade e tamanho.

• Avalie o tipo de material com o qual o travesseiro foi confeccionado. A peça pode ser de espuma, penas, pluma de ganso, látex, algodão ou visco elástico. Independente do produto escolhido, ele deve apresentar boa densidade para que a cabeça não afunde durante a noite de sono;

• Além de considerar o material de confecção, também é essencial avaliar a altura, tamanho e formato do modelo escolhido. Estas características determinam a qualidade do travesseiro, segundo alguns estudos. A peça deve ser capaz de preencher o espaço existente entre o pescoço e a extremidade externa do ombro, evitando possíveis problemas de coluna;

• A cabeça que repousa sobre o travesseiro não pode abaixar demais ou ficar numa posição muito levantada, isso pode comprometer as horas de sono. O modelo ideal garante estabilidade e mantém o indivíduo numa posição agradável;

Leia Também:  Decoração anos 60 - dicas

• Os travesseiros que possuem propriedades antialérgicas são os mais recomendados, principalmente para as pessoas que sofrem de problemas como a rinite. Desta forma, é fundamental certificar-se de que o material é tratado e capaz de evitar as crises de alergia. Os especialistas apontam a necessidade de tomar cuidado com os travesseiros de espuma e plumas de ganso. O modelo mais indicado para os alérgicos é o de algodão ou látex;

O travesseiro de visco elástico é ortopédico e não causa alergias.

• Entre todas as tecnologias que se destacam na confecção de travesseiros, vale a pena ressaltar o visco elástico. O material tem função ortopédica, não deforma com facilidade e nem causa alergias. As principais marcas de travesseiro já trabalham com este tipo de produto.

Um travesseiro inadequado não causa apenas problemas de coluna, mas também pode resultar em má circulação do sangue, refluxo, enxaqueca, tontura e até mesmo náuseas. Por isso, muito cuidado com a escolha do companheiro das noites de sono.

Top