Amamentação de gêmeos: como fazer, dicas

Amamentar um filho não é uma tarefa tão fácil, imagine quando o trabalho é dobrado? No início parece ser uma missão quase impossível, mas…

Amamentar um filho não é uma tarefa tão fácil, imagine quando o trabalho é dobrado?

Amamentar um filho não é uma tarefa tão fácil, imagine quando o trabalho é dobrado? No início parece ser uma missão quase impossível, mas com muito empenho e prática, a mamãe de gêmeos vai se adaptando.

Existem alguns cuidados que devem ser tomados com a amamentação de gêmeos:

  1. O primeiro fator que as mamães de gêmeos devem saber é que não devem dar o mesmo peito para os dois durante a mamada;
  2. O correto é dar um seio para cada um, pois protege as mamas e cada um consegue tomar o leite posterior, aquele do finalzinho, que mais mata a fome dos bebês;
  3. É importante aprender a diferenciar os filhos o mais rápido possível. Evitando que um dos bebês passe fome por que a mãe não soube identificá-los;
  4. É preciso ter um cuidado especial com os bebês prematuros. Tanto o recém-nascido quanto a mãe precisam ficar mais tempo no hospital. Caso fique só um bebê internado, a mãe deve tirar o leite para alimentá-lo e amamentar o filho que está em casa normalmente.

Veja como amamentar da maneira correta.

Como amamentar, dicas 

1. Preparar os seios para amamentar:

  • Durante as consultas de pré-natal a gestante deve perguntar ao médico quais as técnicas para fortalecimento do mamilo e da aréola e pedir que ele ensine como se faz. Assim é possível evitar desconfortos durante a amamentação;
  • O banho de sol também é uma excelente recomendação, sendo realizado nas primeiras horas da manhã.

2. Produção de leite:

  • O leite é produzido conforme a sucção feita pelos bebês, quanto mais eles sugam mais leite será produzido;
  • Neste caso, se existem dois bebês sugando, o corpo materno produz uma quantidade maior de leite, sendo suficiente para alimentá-los.
Leia Também:  Fernanda Souza conta como controlou hipotireoidismo

3. Como amamentar dois bebês:

  • Amamentar os dois bebês ao mesmo tempo faz que com a mãe tenha um tempo maior livre, porém pode ser um pouco cansativo. Mas com o tempo e praticando ela se adapta facilmente;
  • O ideal é que a boquinha do bebê consiga pegar toda a aréola completamente, de forma que ela não fique de lado;
  • A posição indicada para a amamentação dos dois é invertida, ou seja, enquanto mamam, os corpinhos dos bebes ficam debaixo dos braços da mãe, com os pés voltados para as costas dela;
  • Usar uma almofada ou um travesseiro em formato de meia lua pode auxiliar bastante para acomodar os bebês.

4. Cuidados durante a amamentação:

  • O recomendado é que os recém-nascidos usem as duas mamas, e não só uma para cada. Porém, um de cada vez;
  • A troca da mama proporciona estimulo equilibrado nos dois seios e ainda permite que o bebê tenha uma visão mais ampla do ambiente e da mãe.

5. Ingestão de complementos:

  • Qualquer tipo de complemento só deve ser dado aos bebês sob orientação do médico pediatra, sendo que normalmente o leite materno deve ser o único alimento até os seis meses de idade da criança;
  • O peso e o desenvolvimento são usados como indicativos para saber a necessidade de complementação ou não.

6. Orientação profissional:

  • A equipe de enfermagem do hospital pode ajudar muito durante o processo de amamentação;
  • Pergunte, esclareça as dúvidas e peça dicas para amamentar da melhor forma possível.

A amamentação é um momento especial entre mãe e filho.

Para manter a amamentação até os 6 meses de idade, a mãe dos gêmeos deve ter uma alimentação balanceada, rica em proteínas, carboidratos, fibras, verduras, legumes e frutas. Além da essencial hidratação constante. Em alguns casos a mãe necessita da ingestão de suplementos, pois perde em torno de 2000 calorias por dia. Por isso é recomendado consultar o médico especialista para melhor avaliação.

Leia Também:  Melhores destinos turísticos dos EUA

Top