Alistamento Militar feminino 2015

Alistamento Militar feminino 2015

Redacao 02/05/2016 Notícias

Alistamento Militar feminino 2015 não é obrigatório como o masculino e as mulheres podem servir temporariamente onde são escolhidas por uma seleção feita nas Regiões Militares com um tempo já pré-determinado ou fazer carreira militar onde são aprovadas através de concurso público. A presença feminina nas Forças Armadas do Brasil cresce a cada ano. Servindo ao país, adquire-se disciplina, responsabilidade e compromisso com as atividades realizadas. A experiência como militar garante também grande valorização dentro da sociedade.

Confira: Alistamento Militar 2015 como fazer

Alistamento Militar feminino 2015 - Saiba como funciona o alistamento militar para mulheres (Foto: Divulgação)

Alistamento Militar feminino 2015 – Saiba como funciona o alistamento militar para mulheres (Foto: Divulgação)

Alistamento Militar feminino 2015

No alistamento militar feminino 2015 as mulheres podem ocupar os seguintes cargos:

Fazer parte dos Quartéis-Generais;
OMS – Organização Militar de Saúde;
Estabelecimentos de Ensino;
Órgão de assessoria do Exército;

No exército não existe diferença entre homens e mulheres, pois os cargos podem ser iguais e as regalias também.

Leia também: Alistamento militar: principais dúvidas

São diversas as opções de carreiras na área militar (Foto: Divulgação)

Na Força Aérea Brasileira, as mulheres podem participar de quase todos os concursos e desempenhar um grande número de funções, com exceção de: alistamento militar obrigatório; Curso de Formação de Taifeiros; Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR); Curso de Formação de Oficiais de Infantaria; e, no Curso de Formação de Sargentos, as áreas de Material Bélico, Guarda e Segurança e Mecânica de Aeronaves.

Para ingressar na Marinha do Brasil, é necessário participar de Processos Seletivos (PS) com as mais variadas formações: Ensino Médio, Curso Técnico em uma das áreas de interesse ou Curso Superior, relativo à profissão a que deseja concorrer. O site da Diretoria de Ensino da Marinha disponibiliza os concursos oferecidos, de acordo com a escolaridade de cada candidata.

Como ingressar no exército

Para ser militar de carreira no Exército Brasileiro, a mulher precisa ingressar, após aprovação em concurso público, em um dos seguintes estabelecimentos de ensino:

Leia mais: Escolas Militares do Brasil

São diversas as formas que as mulheres têm para entrar para a carreira militar (Foto: Divulgação)

São diversas as formas que as mulheres têm para entrar para a carreira militar (Foto: Divulgação)

  • Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx), que forma militares do Quadro Complementar de Oficiais nas especialidades: Administração, Ciências Contábeis, Direito, Magistério, Informática, Economia, Psicologia, Estatística,Pedagogia, Veterinária, Enfermagem, Comunicação Social, Odontologia e Farmácia. O curso tem a duração de aproximadamente um ano, e a perspectiva na carreira é de 1º Tenente a Coronel.
  • Escola de Saúde do Exército – EsSEx, responsável pela seleção e formação de oficiais do Quadro de Médicos do Serviço de Saúde do Exército Brasileiro. A perspectiva na carreira é de 1º Tenente a General-de-Divisão.
  • Instituto Militar de Engenharia (IME), que forma militares para o Quadro de Engenheiros Militares, nas seguintes especialidades: cartografia, comunicações, fortificação e construção, eletricidade, eletrônica, mecânica (armamento e automóvel), metalurgia, química e computação. A perspectiva na carreira é de 1º Tenente a General-de-Divisão, independente do tipo de curso de formação.
  • Escola de Sargentos de Logística (EsSlog): responsável pela formação das Sargentos de Saúde. A perspectiva na carreira é de 3º Sargento a Capitão.

A mulher que deseja ingressar no Exército como oficial ou sargento temporário deverá participar da seleção realizada pelas Regiões Militares. O militar temporário não faz carreira no Exército, e sua permanência máxima no serviço ativo é de oito anos.

O acesso ao Sistema do Serviço Militar é realizado pelas Regiões Militares sediadas no território nacional, onde a mulher concorre à seleção nas mesmas condições dos homens. As funções de Sargentos auxiliares/técnicas de enfermagem são cargos temporários privativos das mulheres.

Alistamento Militar feminino 2015 Documentos necessários

Confira quais os documentos necessários para se alistar (Foto: Divulgação)

Os documentos necessários para o alistamento militar feminino 2015  são basicamente os mesmos necessários no alistamento masculino.  O alistamento (homens e mulheres) acontece anualmente entre 1º de janeiro e 30 de abril. A inscrição deve ser feita na Junta de Serviço Militar (JSM) da cidade. Para informações sobre inscrições e concursos você pode acessar a página oficial do exército brasileiro .
  • RG
  • Certidão de Nascimento
  • Comprovante de Residência
  • Duas fotos recentes 3×4
  • Certidão de naturalização – para mulheres naturalizadas
  • Registro de Emancipação – para as indígenas
Se você tem outras dúvidas ou deseja saber mais sobre o alistamento militar feminino acesse o Site Oficial do Exército Brasileiro com uma sessão inteiramente dedicada para o alistamento e para tirar dúvidas das mulheres interessadas.

Outros artigos

Melhores Filmes para 2010

11/11/2009

Melhores Filmes para 2010

O ano de 2010 está chegando, estamos nos aproximando de uma nova fase e também evidentemente vai dar o que falar, quanto a isso o que podemos esperar são muitas ...

Marinha concurso para Fuzileiro Naval 2017

02/03/2017

Marinha concurso para Fuzileiro Naval 2017

Marinha concurso para Fuzileiro Naval 2017 abre inscrições para 1.300 vagas, trazendo uma nova oportunidade para os jovens interessados em ingressar na carreira mili...

Brinquedos para recém nascidos

11/02/2015

Brinquedos para recém nascidos

Você está na dúvida na hora de comprar brinquedos para recém nascidos? Existem diversas regrinhas a serem seguidas para a segurança do seu bebê. Quando a criança tem...