Carteira digital PicPay PRO: vale a pena ou não?

Felipo Bellini 08/04/2022 Notícias

A carteira digital PicPay PRO é um serviço que está em alta no Brasil e no mundo. Diferente de uma conta digital, essa ferramenta financeira é ainda mais acessível e livre de burocracias e taxas fixas. Funciona como opção de pagamento e recebimento de dinheiro, mas sem acesso às opções bancárias mais tradicionais. Diante disso, quer saber se a Carteira Digital PicPay PRO vale a pena ou não? Confira a seguir!

O que é o PicPay PRO?

Essa é a carteira digital da startup brasileira PicPay, uma das principais do segmento no país. Seu principal objetivo é receber e realizar pagamentos, o mesmo visto em outras concorrentes.

O serviço oferecido pela carteira digital PicPay é 100% online, disponível através do aplicativo para dispositivos que utilizam os sistemas operacionais Android e IOS. O funcionamento é simples, intuitivo e aceita o cadastro de contas bancárias ou cartões de crédito em seu banco de dados.

O que é o PicPay PRO

Fonte/Reprodução: original

O serviço PRO é voltado principalmente para empreendedores. Nesse modelo não é cobrada anuidade ou outras taxas fixas, apenas o valor sobre vendas realizadas. As transações feitas através da carteira digital são realizadas de celular para celular, entre cliente e vendedor. Para isso, os dois precisam ter contas e aplicativo da marca instalados.

Além do serviço PRO, o PicPay ainda oferece, especialmente para quem trabalha com loja física e alta demanda e volumes de vendas, a solução Empresas. Nesta alternativa, que está sujeita à análise cadastral, por uma taxa fixa, seu negócio ficará visível na lista de lojas cadastradas e parceiras do PicPay. Mas não é só isso! Com essa alternativa, o cliente pode realizar compras diretamente pelo aplicativo, sem a necessidade de passar pelo caixa.

Vale a pena abrir a carteira digital PicPay PRO?

A carteira digital PicPay PRO vale a pena, especialmente, para quem possui uma empresa. Com a popularização das carteiras digitais no país, principalmente durante o período da pandemia, oferecer esse método de pagamento é uma forma de inovar e não ficar para trás de acordo com as tendências do mercado.

Vale a pena abrir a carteira digital PicPay PRO

Fonte/Reprodução: original

Entretanto, como todo serviço, a carteira digital PicPay PRO possui seus pontos positivos e negativos. Vale a pena analisá-los e descobrir se vale mesmo a pena abrir uma conta na empresa. Confira os prós e contras a seguir:

Prós

O PicPay oferece um ótimo suporte para os contratantes do serviço PRO, inclusive com opções para turbinar essa oferta e conseguir ainda mais benefícios para a empresa e os clientes.
O principal benefício é a praticidade de pagar e receber pelo celular, de forma rápida e segura. Esse é o carro-chefe da startup brasileira. O serviço PRO, que é especial para donos de estabelecimentos, é livre de taxas fixas. O dono do negócio paga apenas a taxa sobre as vendas efetuadas, o total de 1,99%. Além disso, ele não está limitado aos R$ 800,00 de transações por usuário imposto pela startup.

Para casos como delivery, está disponível para usuários do serviço o pagamento à distância. E aos donos de lojas físicas, o PicPay possui o plano Empresas. A adesão nesse modelo possibilita maior visibilidade e credibilidade ao negócio, que fica disponível na lista de parceiros no aplicativo.

Contras

O PicPay possui um serviço de excelência, com poucos pontos negativos sobre seu funcionamento. Neste caso específico, em relação a carteira digital PicPay PRO, um contra é seu acesso restrito aos empresários e pessoas com negócios de médio a grande porte, preferencialmente. A exclusividade do serviço, que pode ser efetuado apenas entre usuários da marca, é um ponto negativo, mas também visto nas principais concorrentes no mercado.

Como criar a carteira digital PicPay PRO?

Para criar a sua carteira digital PicPay PRO basta instalar o aplicativo e realizar o cadastro. Logo após, no menu do sistema, é só selecionar a opção PRO. Neste processo é preciso cadastrar uma conta bancária com o CPF compatível com o que foi informado ao criar o perfil. Para participar do PicPay Empresas o processo é similar, mas é preciso passar por análise cadastral.

Outros artigos