Alimentos que Rejuvenescem

Muitas pessoas gostariam de parecer mais jovens do que são. Por isso, buscam em cosméticos e tratamentos estéticos uma aparência mais jovem.
A alimentação também pode ser uma grande aliada para uma aparência mais jovem e saudável.

Muitos alimentos podem prevenir os sinais do envelhecimento e contribuir a favor do nosso corpo para que possamos envelhecer de maneira saudável.
O equilíbrio das refeições pode nos ajudar nessa luta.Uma alimentação equilibrada deve fornecer as quantidades adequadas de calorias e de nutrientes.

As mulheres no que se refere ao processo de envelhecimento estão em vantagem em relação aos homens, por possuírem em grande quantidade o hormônio estrogênio, responsável por fazer o organismo produzir mais enzimas antioxidantes, que as protegem do processo de oxidação e do envelhecimento.

Porém, o sedentarismo, tabagismo, má alimentação e alcoolismo resultam no aparecimento de rugas, flacidez e pele sem viço.

Para retardar o envelhecimento é necessário praticar atividades físicas regularmente e alimentar-se de forma saudável.

Veja as dicas dos alimentos, seus benefícios e quantidade recomendada:

Alho
Ajuda na manutenção do tecido conectivo e articulações, no processo de desintoxicação e no combate aos radicais livres. Ingestão diária recomendada: um dente de alho amassado ou triturado (3 calorias).

Aveia
Possui beta-glucanas, ativo que reduz o desenvolvimento da inflamação cutânea e o processo inflamatório que aumenta o estresse orgânico, reduzindo os radicais livres. Ingestão diária recomendada: uma colher de sopa (40 calorias).

Betacaroteno
Auxilia na manutenção da pele, visão e sistema imunológico, combatendo os radicais livres. Pode ser encontrada na cenoura, abóbora, mamão, laranja, espinafre e brócolis, entre outros. Ingestão diária recomendada: “A recomendação de consumo deve seguir a faixa etária e o gênero, a fim de evitar toxicidade”, segundo a nutricionista Yana Gil, do Spa Costão do Santinho, em Santa Catarina.

Chá verde
Rico em catequinas e polifenóis, melhora a formação de colágeno e inibe o aparecimento de células cancerígenas na pele. O consumo deve ser feito, distante dos horários das refeições, pois pode diminuir a absorção de alguns nutrientes. Não consuma o chá verde a noite, visto que ele possui cafeína e pode alterar o sono. Ingestão diária recomendada: de três a quatro xícaras de chá (não possui calorias).

Frutas vermelhas
Morangos, amora, framboesa e açaí são ricos em fotoquímicos, substância que ajuda a neutralizar os radicais livres produzidos pelo organismo e atua também na desintoxicação. Ingestão diária redomendada: uma xícara de chá (80 calorias).

Linhaça, sardinha, salmão e nozes
Fonte de ômega 3, os alimentos acima ajudam a evitar os processos inflamatórios e regulam o funcionamento das células.
Ingestão diária recomendada: uma colher de sopa de linhaça moída (40 calorias) ou nozes (64 calorias), uma posta pequena de salmão (240 calorias) ou duas sardinhas grelhadas (200 calorias).

Licopeno
Proporciona uma coloração vermelha aos alimentos, possui atividade antioxidante e ajuda a prevenir alguns tipos de câncer. Reduz o processo inflamatório. Encontrados nos seguintes alimentos: tomate, pimentão, beterraba, goiaba e melancia. Estes devem ser consumidos, de preferência, cozidos ou processados para melhor aproveitamento do licopeno. Ingestão diária recomendada: 80g de tomate (15 calorias), 43g de beterraba (15 calorias), 56g de pimentão (15 calorias), 220g de melancia (70 calorias) ou 138g de goiaba (70 calorias).

Soja
A soja possui isoflavonas, componentes que aumentam o funcionamento de enzimas antioxidantes, reduz o risco de doenças cardiovasculares e equilibram o estrógeno, diminuindo os sintomas da menopausa. Ingestão diária recomendada: de 25 a 60g de soja texturizada ou em grão (140 calorias).

Vitamina C
Atua na formação do colágeno, impedindo a deformação dos tecidos. A vitamina C é fundamental também para desintoxicar o corpo dos radicais livres provenientes de fatores que contribuem para o envelhecimento, como cigarro, álcool, poluição, e fortalece o sistema imunológico. Os alimentos fontes de vitamina C são as frutas cítricas (morango, limão, laranja, kiwi, acerola), folhas verdes cruas (couve, couve-flor, espinafre, repolho) e tomate. Ingestão diária recomendada: segundo a nutricionista Yana Gil, o consumo para mulheres é de 75mg.

Vitamina E
Vitamina antioxidante, inibe a atividade dos peróxidos lipídicos. É encontrada em óleos vegetais ricos em ácidos graxos poliinsaturados, como os de canola, girassol, milho e soja, sementes, amêndoas, abacate, manteigas, cereais integrais e aspargos. Ingestão diária recomendada: 15mg por dia, ou seja, o equivalente a uma colher de sopa dos óleos (120 calorias) ou 100g de abacate (161 calorias).

Zinco
Constitui a enzima antioxidante superóxido dismutase (SOD), que combate os radicais livres. É encontrado em: ostras, frutos do mar, peixes, fígado, carne vermelha, cereais integrais, levedo de cerveja, milho e leguminosas (feijão, soja, grão de bico, ervilha). Ingestão diária recomendada: 8g, quantidade encontrada de sobra em 100g de ostras cozidas (137 calorias), lentilha cozida (116 calorias), feijão cozido (111 calorias) ou carne vermelha (230 calorias), por exemplo.

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

One Response - Add Comment

Reply