Oscar Schmidt luta contra câncer no cérebro

O maior jogador de basquete brasileiro não está mais nas quadras, mas ainda é manchete. O problema, é que dessa vez Oscar Schmidt é…

O maior jogador de basquete brasileiro não está mais nas quadras, mas ainda é manchete. O problema, é que dessa vez Oscar Schmidt é protagonista de más notícias. O jogador foi submetido a uma cirurgia para a remoção de um nódulo da cabeça no dia 30 de abril, no Hospital Sírio Libanês. A informação sobre a saúde do mão santa (apelido do jogador devido ao aproveitamento positivo em jogos) foi divulgada pelo apresentador de televisão Fernando Vanucci em sua página no Facebook.

Oscar retirou um tumor da cabeça novamente (Foto: Divulgação)

Oscar passa por sessões de quimioterapia

Para combater os possíveis resíduos do câncer, Oscar Schmidt passa por sessões de quimioterapia. Em maio de 2011, o jogador de basquete já tinha passado por uma cirurgia no cérebro para a remoção de um tumor benigno na área frontal da cabeça, bem ao lado esquerdo da cabeça. O nódulo foi descoberto somente quando Oscar passou mal em um spa nos Estados Unidos. O diagnóstico foi realizado mesmo país. O ex-jogador de basquete da seleção brasileira retornou ao Brasil e fez uma operação para a remoção do nódulo cinco dias após ter descoberto sua existência, no hospital Albert Einstein. O hospital em que Oscar está fazendo o tratamento contra o câncer não tem autorização para dar notícias sobre o caso. Porém, sabe-se que ele não está mais internado.

Oscar está na história do esporte nacional (Foto: Divulgação)

Oscar é recordista de pontos

Oscar Schmidt é um dos maiores jogadores de basquete do mundo. O ex-esportista é o recordista mundial no quesito pontuação, com 49.703, ultrapassando a marca do americano Kareem Abdul-Jabbar. O recorde é extraoficial, porém, não existe súmulas de todos os jogos de Oscar no Brasil.

Leia Também:  Rinoplastia Cirurgia do Nariz

O ‘mão santa’ esteve a frente de um dos maiores feitos do basquete mundial. No dia 23 de agosto de 1987, o país do futebol foi campeão dos Jogos Pan-Americanos ao bater os Estados Unidos em Indianápolis, casa dos americanos, na final.

O jogado também conquistou medalha de bronze no Mundial de 1978, nas Filipinas. Oscar participou de cinco Olimpíadas (Moscou, Los Angeles, Seul, Barcelona e Atlanta). A melhor colocação dele com a seleção brasileira foi um quinto lugar, em Barcelona, 1992, e Seul, 1988.

Top