6ª parcela do auxílio emergencial já pode ser consultada

Felipo Bellini 02/09/2021 Economia

As informações da 6° parcela estão disponíveis no site da DataPrev para que possam ser consultadas pelos trabalhadores que recebem o Auxílio Emergencial. Por lá, ficarão cientes se continuarão no programa ou não, uma vez que dependa de certos critérios.

Será possível verificar datas que ocorreram pedidos, análises, inclusive o motivo pelo qual o trabalhador teve o pedido negado para receber o Auxílio Emergencial e demais solicitações. Outra maneira de consultar o programa é pelo telefone da Caixa Econômica, 111 ou no próprio site da instituição financeira.

Motivos pelo qual o Auxílio Emergencial pode ter sido negado ou suspenso

O principal motivo pelo qual o Auxílio Emergencial pode ser negado se dá nas rendas mensais, ou seja, até uma pessoa o valor deve ser apenas de meio salário mínimo que corresponde à R$ 550,00. Demais valores não serão aceitos pela DataPrev, caso more com outras pessoas com renda maior.

6ª parcela do auxílio emergencial já pode ser consultada

Fonte/Reprodução: consultaauxilio.cidadania.gov.br

A suspensão do Auxílio Emergencial pode simplesmente ocorrer quando o solicitante consegue um emprego com carteira assinada, mesmo aprovado ocorrerá a suspensão do programa porque terá renda própria, capaz de se sustentar.

Pessoas que recebem o seguro-desemprego e demais benefícios do governo, caso o beneficiário chegue a falecer, além de receber pensão ou prisão do beneficiado serão bons motivos para o Auxílio Emergencial ser suspenso.

O Auxílio Emergencial continuará?

A resposta é não. O Auxílio Emergencial chegará ao fim no mês de outubro de 2021, de acordo com o governo federal e já em novembro um novo programa será instituído no país, será chamado Auxílio Brasil

O Auxílio não pode ter continuidade porque de acordo com o presidente da república, já deu o que tinha que dar e nem deveria ser uma obrigação do governo estar dando esse tipo de auxílio às pessoas, uma vez que os governos não souberam como lidar com a pandemia do corona vírus e diversos trabalhadores MEI perderam sua principal fonte de renda.

No entanto, com a chegada do Auxílio Brasil o Bolsa Família sai de jogada, pois ficará o novo programa em seu lugar. O governo garante que os valores serão maiores e mais pessoas terão direito de recebê-lo, porém é necessário se dirigir ao CadÚnico ou CRAS da cidade para realizar a atualização cadastral.

Outros artigos

Simples Nacional – O que é, como funciona

29/12/2015

Simples Nacional – O que é, como funciona

O Simples Nacional - o que é, como funciona determina regras gerais referente ao tratamento tributário diferenciado e favorecido, a ser dispensado às microempresas e...

Tratamento Gratuito para Obesidade

26/03/2010

Tratamento Gratuito para Obesidade

A Obesidade atinge milhares de pessoas no mundo inteiro e suas proporções podem ser maiores do que se espera, porque as pessoas obesas tendem a ter mais problemas do...