Material escolar 2012, Dicas para economizar

As férias chegaram e com ela, a lista de material escolar 2012. Como o preço varia muito de loja para loja, uma ótima opção…

Por Editorial MDT em 04/01/2012

As férias chegaram e com ela, a lista de material escolar 2012. Como o preço varia muito de loja para loja, uma ótima opção é comprá-los pela internet. O período que precede a volta às aulas, é um dos piores períodos para comprar o material. Como a procura é maior em janeiro e fevereiro, a dica é esperar mais para o final de fevereiro ou início de março quando o preço do material escolar cair.

A primeira coisa a se fazer para economizar na hora de comprar o material, é ler atentamente a lista e ver o que já tem em casa. Normalmente canetas, lápis de cor e estojos podem ser reaproveitados. Vasculhe em todos os pontos da casa para ver o que pode servir para completar o material escolar da criança.

A segunda coisa é entender a lista de material, isto é, saber se realmente é preciso comprar tudo de uma só vez. Geralmente, as listas escolares são exorbitantes e listam materiais do ano inteiro. Assim, alguns itens podem ser comprados durante o ano. Para não causar futuros problemas, converse com a secretária da escola e explique a situação. Há itens da lista como papel cartão, clipes, estilete e outros elementos de papelaria, pouco usados pelas crianças, que podem ser trocados por semelhantes mais em conta – caixa de canetinhas coloridas, lápis de 24 cores pelo de 12, entre outros.

Outra dica para economizar é, ao comprar mochilas, lancheiras e cadernos para as crianças, procure produtos sem ser aqueles licenciados com personagens da moda, os quais saem bem mais caro. Uma ótima alternativa é comprá-los pela internet, já que lá, é mais fácil de encontrar uma mochila infantil mais em conta tão legal quanto uma de personagem da moda.

Uma dica interessante é comprar todo o material em uma única loja, pois, facilita a solicitação de um desconto maior e até parcelar em um maior número de parcelas. Ainda mais vantajoso seria a reunião de um grupo de pais para comprar o material escolar no atacado, direto do fornecedor, já que eles proporcionam ótimos descontos.

O segredo para comprar barato é a pesquisa. Assim, antes de mais nada, procure fazer um orçamento do material numa loja online, e leve a lista com os valores nas principais lojas e papelarias de sua cidade. Independente de onde realizar a compra, peça desconto sempre, sobretudo se a compra for à vista.

Em relação ao uniforme escolar, a recomendação é avaliar quais peças precisam ser renovadas. Nem sempre é necessário comprar uma novo conjunto de inverno ou novas camisetas. Na maioria das vezes, o uniforme antigo ainda serve e está em boa condição. Se o colégio mudou o uniforme, verifique-as e questione a direção se realmente é preciso trocar todo o uniforme.

Top