5 contras da depilação íntima

Pode-se dizer que é impossível não fazer depilação íntima, seja com gilete ou com os outros meios que eliminam os pelos, desde a raiz.…

Pode-se dizer que é impossível não fazer depilação íntima, seja com gilete ou com os outros meios que eliminam os pelos, desde a raiz. O fato é que todas as mulheres preferem manter essa região lisinha, já que o contrário não é nada favorável, esteticamente. É preciso ressaltar, também, a higiene proporcionada pela depilação. Embora os pelos sejam uma proteção ao nosso corpo, a sua permanência em determinadas áreas pode não ser muito agradável, principalmente para as mulheres. Porém, como acontece com quase tudo que é bom, o hábito também oferece desvantagens. Veja 5 contras da depilação íntima.

A depilação íntima é prática, mas oferece desvantagens (Foto: Divulgação)

☰ CONTEÚDO

Invasão de agentes patogênicos

Embora esta não seja a preocupação maior, entre as adeptas da depilação íntima, é a que mais merece atenção. Quando um pelo é arrancado da pele, inevitavelmente ele deixará uma abertura, onde estava. Tal abertura pode ser prejudicial, de inúmeras formas. No próprio momento da depilação, o risco da invasão de algum agente patogênico é grande, principalmente se o local e o método utilizado não obedecem aos requisitos de higiene e segurança. Uma simples bactéria pode adentrar a pele, causando infecções. Por outro lado, o risco de se contrair uma doença sexualmente transmissível, por exemplo, também é muito grande. Portanto, é preciso verificar as condições de higiene da depilação íntima, que devem ser muito maiores, em lugares públicos.

Pelos encravados

A pele pode ficar suscetível à entrada de micro-organismos prejudiciais (Foto: Divulgação)

É muito comum surgirem pelos encravados na depilação íntima. Isso pode acontecer devido à sujeira da lâmina ou pelo próprio processo de depilação que arranca os pelos pela raiz. Se a gilete contiver fungos ou bactérias, estes poderão ser os responsáveis pelas inflamações características do encravamento. Já o enfraquecimento dos pelos arrancados pode fazer com que estes tenham dificuldade para sais dos poros, ficando presos dentro deles, enrolando-se.

Leia Também:  Calçadas verdes: como montar, fotos

Manchas na pele

O atrito da gilete, da cera ou dos aparelhos depilatórios pode escurece a pele, com o passar do tempo. Portanto, as manchas escuras estão entre as desvantagens da depilação íntima e deixam a virilha com uma aparência muito ruim.

Queimaduras

A pele também pode ser alvo de queimaduras de depilação, principalmente se o profissional não tiver o cuidado de testar a temperatura da cera.

Com o passar do tempo, a pele pode ficar escura (Foto: Divulgação)

Flacidez da pele

É sabido que o atrito causado pela cera de depilação, ao ser puxada, contribui com o surgimento de flacidez da pele. No caso das lâminas, isso é improvável.

Seja da forma que for, é importante conhecer os prós e contras da depilação íntima ou de qualquer outra parte do corpo, já que todos os procedimentos causam lesões na pele, ainda que estas sejam microscópicas.

Confira alguns cuidados necessários: Cuidados com a depilação íntima

Saiba o que é a depilação total: Depilação íntima total: como funciona

Top