19 de junho – Dia do Cinema Brasileiro

No dia 19 de junho comemora-se o Dia do Cinema Brasileiro. Esta data serve para relembrar os momentos marcantes da história cinematográfica do país,…

O dia 19 de junho serve para relembrar as maiores conquistas do Cinema Brasileiro.

No dia 19 de junho comemora-se o Dia do Cinema Brasileiro. Esta data serve para relembrar os momentos marcantes da história cinematográfica do país, que evoluiu com o passar das décadas e adquiriu visibilidade no exterior.

O Dia do Cinema Brasileiro também serve para prestigiar os profissionais que trabalham em prol da sétima arte, como é o caso dos atores, figurinistas, produtores e diretores dos filmes nacionais. A ocasião se revela ainda propícia para relembrar as produções que foram sucesso de bilheteria e conquistaram grandes prêmios.

Prestigie os filmes nacionais. Veja: Maiores Bilheterias do Cinema Brasileiro

Um pouco da história do Cinema Brasileiro

O marco inicial do cinema no Brasil aconteceu em 1896, quando o Rio de Janeiro se tornou palco da primeira projeção de um filme no país, valorizando o trabalho dos irmãos Lumière. A exibição pública também foi motivo para a inauguração da primeira sala de cinema do país. No entanto, o Cinema só passou a ser realizado no Brasil em 1897.

Os primeiros filmes nacionais começaram a ser produzidos por Afonso Segreto, que ao lado do seu irmão Paschoal, foi responsável por fazer as primeiras filmagens em solo nacional. Os dois se destacaram como os únicos produtores brasileiros até 1903 e foram responsáveis por filmes como “Ancoradouro de Pescadores na Baía de Guanabara”, “Chegada do trem em Petrópolis” e “Bailado de Crianças no Colégio, no Andaraí”.

O cinema brasileiro evoluiu aos poucos, foi reestruturado e procurou se adaptar ao mercado. No início do século XX, começaram as gravações dos primeiros filmes de ficção, já a partir de 1911, os produtores brasileiros investiram em adaptações de obras literárias para rodar os longas-metragens.

Continuar Lendo  Filmes: Estreias no Cinema - 21/08/09

O cinema brasileiro enfrentou uma crise com a inauguração da primeira companhia de cinema no Brasil, que começou a difundir os filmes estrangeiros e fez com que as produções nacionais perdessem a força. Nesta época, muitos atores e outros profissionais do cinema ficaram desempregados e a mercê da hegemonia do cinema norte-americano.

Mazzaropi é um dos personagens mais lembrados do Cinema Brasileiro.

A indústria cinematográfica de Hollywood permaneceu no auge durante décadas e a população brasileira não gostava de prestigiar os filmes nacionais. Entretanto, o Brasil vivenciou várias fases com as suas produções, como o Cinema Novo, a criação da Embrafilme e a Pornochanchada.

Durante os anos 80 o Brasil enfrentou uma crise política e econômica, que de certa forma também atingiu a liberação de verba para produzir filmes. A situação mudou no início dos anos 90, com o Cinema da Retomada, período em que a cultura começou a receber investimentos. O filme que marcou o início da nova fase foi Carlota Joaquina, Princesa do Brazil, lançado em 1995.

A importância do cinema brasileiro

Cena do filme Tropa de Elite.

Apesar de não ser propriamente uma indústria cinematográfica, o Brasil tem filmes que fazem sucesso no exterior e apresentam traços da cultura do povo brasileiro. Nos últimos anos, as produções estão procurando abordar temáticas atuais e fazer denúncias aos problemas sociais, como mostram os filmes Cidade de Deus (2002), Carandiru (2003) e Tropa de Elite (2007).

Saiba mais: Filme BOPE “Tropa de Elite”

Top