Menu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Reajuste de aluguel para 2013

O reajuste do valor pago pelo inquilino só pode ser feito uma vez por ano, no mês de aniversário da assinatura do contrato de aluguel. O novo valor deve ter como base o IGPM, divulgado pela Fundação Getúlio Vargas.

Quem paga aluguel já sabe que todo ano o valor sofre reajuste, muitas vezes subindo bastante em relação ao que se pagava antes, fazendo com que o inquilino tenha até mesmo que se mudar para outro imóvel, já que o novo valor pode acabar estourando o seu orçamento.

Antes de pegar as chaves do imóvel fique atento ao que está escrito no contrato, em relação ao reajuste do aluguel (Foto: Divulgação)

Para não passar por situações como essa, é importante saber que a maioria dos contratos de aluguel imobiliário tem como base o Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM), medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), e que registra a inflação de preços.

Além disso, também é necessário ficar ciente que o reajuste de aluguel só pode ser feito uma vez por ano, no mês de aniversário do contrato. Por exemplo, se você assinou o contrato de locação do imóvel em dezembro de 2011, o aluguel só pode ser reajustado no mês de dezembro de 2012, dezembro de 2013 e assim por diante.

Essas informações devem estar contidas no contrato de aluguel, por isso fique sempre atento antes de assiná-lo, pois esses dados não podem estar faltando no documento, já que é uma garantia para o inquilino.

Importante: Esclareça as principais dúvidas para alugar uma casa

Como saber quanto será o reajuste de aluguel para 2013

A maioria dos contratos de aluguel é reajustada com base no IGPM, medido pela Fundação Getúlio Vargas (Foto: Divulgação)

Para saber quanto será o reajuste de aluguel para 2013, você deve ficar atento tanto ao mês de aniversário do contrato que assinou quanto ao IGPM daquele mês e dos meses anteriores, que é amplamente divulgado pelos veículos de comunicação.

Caso você tenha alugado um imóvel em fevereiro de 2012, por exemplo, o valor do aluguel será reajustado em fevereiro de 2013, tendo como base o IGPM acumulado nos últimos meses. Como a maioria dos contratos tem vigência mínima de 30 meses, a regra vale até que o contrato se encerre.

Terminada a vigência do contrato, o proprietário pode pedir um novo valor para o aluguel, que geralmente baseia-se na valorização do imóvel, sem nada ter a ver com o IGPM, que voltará a ser a base apenas para o reajuste anual desse novo valor, quando completar o aniversário do novo contrato.

Saiba mais sobre Quebra de contrato de locação de imóveis, regras, dúvidas

Fique de olho na divulgação do IGPM

Ficando atento à divulgação do IGPM, você pode calcular quanto será o reajuste do seu aluguel (Foto: Divulgação)

Antes do reajuste do aluguel, é comum que o proprietário ou a imobiliária responsável pelo contrato informem ao inquilino, por meio de correspondência, sobre o novo valor que será cobrado e também sobre os índices utilizados como base para se chegar ao aluguel reajustado.

Para quem quiser saber a evolução do índice e ficar atento aos valores sobre os quais o reajuste do aluguel será feito, uma boa opção é o site da Fundação Getúlio Vargas, responsável pela medição do IGPM, onde você pode ter acesso ao IGPM dos últimos meses.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL