Menu

Saúde

Atualizado em 15 de abril de 2013, às 13:35 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Pontadas na cabeça: o que pode ser

As pontadas na cabeça podem ser sinais de problemas graves de saúde. Conheça as principais causas desse sintoma.

As dores de cabeça estão entre os problemas de saúde mais comuns em todo o mundo. Segundo especialistas, 40% das pessoas sofrem pelo menos uma dor aguda a cada ano. As pontadas na cabeça podem ser confundidas com uma simples dor de cabeça, porém é necessário ficar atento, já que elas podem indicar sérios problemas de saúde. Saiba mais sobre o assunto e veja o que podem ser pontadas na cabeça.

609272 As enxaquecas podem provocar pontadas na cabeça. Foto divulgação Pontadas na cabeça: o que pode ser As enxaquecas podem provocar pontadas na cabeça. (Foto: divulgação)

Pontadas na cabeça

A dor não está no cérebro, como a maioria das pessoas pensa. O desconforto causado pela dor de cabeça pode atingir desde pele, músculos, veias, dentes e terminações nervosas. Se ela chegar até as células cerebrais é porque não se trata de dor e sim de um problema mais grave.

Um bom diagnóstico deve levar em consideração as características apresentadas pela dor, que pode ser latejante, como se fosse uma pressão ou pontada, a intensidade, a área atingida, frequência e duração.

As pontadas na cabeça são problemas que acometem muitas pessoas. Elas podem ser indicativas de uma enxaqueca e até problemas mais graves como aneurisma cerebral. Por esse motivo merecem atenção e tratamento especiais.

609272 A pontada na cabeça pode ser indicativa de aneurisma. Foto divulgação Pontadas na cabeça: o que pode ser A pontada na cabeça pode ser indicativa de aneurisma. (Foto: divulgação)

Veja também mini AVC, sintomas 

O que pode causar pontadas na cabeça

1. Cefaleia tensional: é um tipo de dor de cabeça provocada pela rigidez dos músculos do pescoço, costas e couro cabeludo, devido a fatores como estresse, má postura, ansiedade e insônia. Essa dor de cabeça de manifesta em forma de pontada, latejando e pressionando a cabeça. Pode afetar os dois lados, somente uma parte da nuca ou testa. A fotofobia é um sintoma presente nessa dor.

2. Enxaqueca: a enxaqueca é um tipo específico de dor de cabeça. Ela se caracteriza pela presença de pontadas, com grande intensidade, piora com a luz forte e barulho, podendo vir acompanhada de náuseas, vômitos e tontura. As dores normalmente pioram com a movimentação da cabeça e ao esforço físico. O problema é três vezes mais comum em mulheres e costuma ser hereditário.

3. Aneurisma Cerebral: é também conhecido como hemorragia cerebral ou derrame cerebral, provocado por uma dilatação anormal da artéria que leva sangue para o cérebro. Essa dilatação pode provocar a ruptura e extravasamento de sangue no cérebro. Os sintomas mais comuns de quem sofre aneurisma é a forte dor de cabeça, acompanhadas de pontadas, vômitos, convulsões, perda da consciência, dores na nuca, costas e outras regiões do corpo.

4. Tumor cerebral: os tumores cerebrais podem provocar pontadas na cabeça. Os exemplos mais comuns são os cânceres que provocam intensa dor de cabeça, acompanhada de vômitos, náuseas, formigamento dos membros, fotosensibilidade e outros. É preciso ficar atento para tratar o problema.

609272 As pontadas na cabeça podem ser sinais de problemas graves. Foto divulgação Pontadas na cabeça: o que pode ser As pontadas na cabeça podem ser sinais de problemas graves. (Foto: divulgação)

Veja também enxaqueca, sintomas e causas 

As pontadas na cabeça muitas vezes são confundidas com simples dores de cabeça, porém elas devem ser investigas, pois podem indicar sérios problemas de saúde. Os aneurismas, turmores cerebrais, enxaquecas e cefaleias tensionais são as principais causas de pontada na cabeça. Procure o médico ao persistirem os sintomas.

Conteúdo avaliado com média:
A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.