Menu

Serviços

Atualizado em 5 de janeiro de 2012, às 9:00 por Élida Santos
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > O que fazer em caso de cheque clonado

A primeira atitude a ser tomada é procurar o gerente do banco, e depois, é preciso abrir um Boletim de Ocorrência.
371003 cheque clonado O que fazer em caso de cheque clonadoTenha cuidado ao usar o cheque como forma de pagamento (Foto: Divulgação)

Você acessou sua conta bancária e descobriu que um cheque foi devolvido e, ao verificar com mais cuidado, percebeu que a numeração não corresponde aos cheques que repassou nos últimos tempos. Ao checar o talhão houve a confirmação: o cheque foi clonado. A primeira atitude a se tomar é ir até a agência bancária em que você é correntista e conversar com o seu gerente sobre o caso. Mas outras providências devem ser fazem parte do procedimento que resolverá de vez o problema.

Para confirmar a falsificação é preciso solicitar uma microfilmagem, que trata-se de uma cópia do cheque (da frente e  do verso), que possibilita uma melhor análise do documento. Essa solicitação deve ser atendida em alguns dias, e o banco não deve cobrar por isso, pois nesse caso o cliente só quer uma comprovação da fraude. Se comprovado que o cheque é “frio”, o cliente deve cobrar do banco a retirada de seu nome do sistema de devedores e de cheques sem fundo, além da instituição financeira ter que ressarcir a pessoa, caso alguma taxa tenha sido cobrada indevidamente.

371003 cheques sem fundo O que fazer em caso de cheque clonadoPeça microfilmagem do cheque (Foto: Divulgação)

É necessário abrir um boletim de ocorrência para se resguardar de problemas futuros ocasionados por cheques clonados, como por exemplo, cobranças judiciais. Alguns golpistas utilizam os cheques como forma de pagamento e a pessoa que o recebe, por sua vez, muitas vezes não sabe que o cheque não possui validade por ser falso, mas só descobre isso depois de lhe causar problemas judiciais, isso porque muitas falsificações são muito parecidas com o talhão original.

371003 cuidado com o tal%C3%A1o de cheque O que fazer em caso de cheque clonadoCuidado com o talão de cheque (Foto: Divulgação)

Como evitar problemas com cheques clonados

Depois que a clonagem acontece você demora algum tempo para se organizar novamente. Por isso, evite que o problema aconteça. Para isso, não leve os cheques com você, evite deixá-los na bolsa, só leve-os se for necessário. Muitos falsificadores utilizam um cheque original para fazer suas fraudes, preenchendo como se fosse o dono do talão. E aproveitam a folha roubada para fabricar mais, idênticas a que foi subtraída.

Outra atitude que deve ser seguida é não passar cheque em locais suspeitos, ou desconhecidos. Nesse caso o falsificador consegue visualizar inclusive a sua assinatura, e copiar mais facilmente. Siga essas dicas de segurança para garantir que o cheque não seja fonte de problemas. E se acontecer do item ser clonado, aja com rapidez.