Menu

Brasil

Atualizado em 29 de maio de 2008, às 1:19 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Dicas de Como Fazer uma Boa Redação

comofazerboaredacao Dicas de Como Fazer uma Boa Redação

Muitas pessoas têm dificuldades para fazer redação, principalmente em vestibular, sob pressão e com tempo contado.

Como já sabemos, uma redação bem feita é significa melhores chances de ser aprovado nos vestibulares mais disputados do País.

Muitos vestibulandos ficam preocupados com a redação na hora do exame e muitas vezes acabam escrevendo bobagens. Mas, a boa notícia é que essa dificuldade pode e deve ser trabalhada.

Algumas atitudes como ler bastante, escrever mais ainda e ficar atento ao que acontece pode ajudar muito e ainda resultar em um bom desempenho na redação. É fundamental acrescentar textos diversificados na rotina de leitura para enriquecer o repertório e o vocabulário. Desde crônicas, clássicos, contos, editoriais e até tirinhas.

O diferencial da redação no vestibular está no seu próprio objetivo, que é muito específico. Mesmo tendo como base as regras de qualquer outra composição, desenvolvimento de idéias claras, informativas e argumentativas, a prova tem suas surpresas, o que acaba a distinguindo das redações literárias ou rotineiras.

Segundo Dácio Antônio de Castro, supervisor de Português do Curso Anglo: “O exame costuma ser elaborado a partir de uma coletânea composta por textos, cartoons e quadros informativos, que fornece dados a serem considerados na produção de um texto dissertativo em prosa, por meio do qual o aluno é solicitado a refletir sobre o tema proposto”.

Depois de fazer a leitura da coletânea, a pessoa deve ter em mente algumas regras básicas para redigir a dissertação como, por exemplo: estrutura ortodoxa, apreensão do tema, argumentação, levantamento das hipóteses explicativas, encadeamento lógico, exposição de comentários, utilização do tempo presente, exploração de recursos discursivos e lingüísticos, coesão e coerência.

De acordo com Dácio, ao fazer a dissertação é importante escrever impessoalmente, como se o autor do texto fosse o bom senso, a lógica, a razão.

Segundo a professora Cida, as bancas desejam saber o que o jovem pensa sobre os acontecimentos ao redor do mundo, por isso, é recomendável que eles fiquem sempre atentos aos noticiários, sejam eles de TV, jornais impressos, revistas ou internet.

Uma dica da professora Cida é a de copiar de duas a três vezes por semana editoriais dos principais jornais. Por serem textos dissertativos e abordarem temáticas sociais, o estudante aprende com sua estrutura, se mantém informado e tem acesso a diferentes pontos de vista sobre um mesmo assunto. É um exercício de concentração excelente.