Filme Assalto ao Banco Central é sucesso de público

Em 2005 aconteceu o assalto ao Banco Central, fato que marcou a história brasileira. Na cidade de Fortaleza sumiram R$164 milhões do cofre do…

Em 2005 aconteceu o assalto ao Banco Central, fato que marcou a história brasileira. Na cidade de Fortaleza sumiram R$164 milhões do cofre do Banco Central sem que nenhum tiro ou alarme fossem disparados. Naquela ocasião os assaltantes cavaram um túnel de 84 metros, possibilitando que o assalto acontecesse.

Por ser uma história real toda a operação que precedeu ao assalto e o que aconteceu depois instiga a curiosidade dos brasileiros. Isso fez com que o livro e o filme surgissem para atender a expectativa dos fãs de cinema nacional. Assalto ao banco central recebeu muitas críticas negativas a respeito da informação, tanto a nível da ação e como sobre a veracidade dos fatos, porém por trazer certa carga de ironia e humor acabou conquistando o público. Cerca de 1,6 milhões de pessoas no Brasil assistiram ao filme, ultrapassando a marca de filmes com tema de assalto como ‘11 homens e um segredo’ e ‘O Plano Perfeito’, fato que surpreendeu a muitos críticos.

Esta produção teve direção de Marcos Paulo e participação dos atores: Eriberto Leão, Milhem Cortaz, Hermila Guedes, Lima Duarte, Heitor Martinez, Giulia Gam, dentre outros.

A trama tem início quando o ‘Barão’ recebe a proposta de tentar realizar o maior roubo da história do país. Com a ajuda de sua amante Carla começam a selecionar e recrutar ajudantes que possam contribuir para a realização dos planos. Eles alugam um quartel general e cavam um túnel de 84 metros até o banco.

Após três meses de operação os ladrões saem do túnel com 3 toneladas de dinheiro, o equivalente a R$164 milhões de reais. Em paralelo vão acontecendo as investigações comandadas pelo delegado Amorim e sua assistente Telma. O ponto alto da história é sobre o que aconteceu com essas pessoas depois deste roubo, algumas morreram, outras foram presas e algumas até hoje não foram encontradas.

Leia Também:  Dicas para Jantar a Dois

Apesar do sucesso de público alcançado por esta produção a crítica considerou um dos piores filmes do ano. Os principais argumentos que foram a falta de conteúdo e o apelo comercial tornando o filme menos histórico e mais superficial e focado apenas na diversão do público sem o compromisso com a realidade.

 

Top