Menu

Saúde

Atualizado em 7 de março de 2013, às 8:47 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Como evitar as doenças causadas por vírus

As patologias virais são muito comuns em nosso meio. Saiba como evitar as doenças causadas por vírus.

As doenças virais são problemas muito comuns em nossos meio, devido a sua alta taxa de transmissibilidade. É grande a variedade de patologias causadas por vírus, existentes, sendo que o resfriado e a gripe são as mais comuns. No entanto, através da adoção de algumas atitudes, é possível evitar o contato, assim como a instalação de uma infecção futura. Saiba como evitar as doenças causadas por vírus.

 Saiba quais são as doenças transmitidas pelo ar.

590580 O contato interpessoal aumenta as chances de se infectar com algum tipo de vírus. Foto divulgação Como evitar as doenças causadas por vírusO contato interpessoal aumenta as chances de se infectar com algum tipo de vírus. (Foto: divulgação)

Conhecendo mais sobre os vírus

Os vírus são agentes infecciosos constituídos por ácido nucleico e proteína. Como eles não possuem metabolismo próprio, necessitam de uma célula hospedeira para realizar as funções vitais, inclusive a multiplicação viral. Devido a essas características, são considerados parasitas intracelulares obrigatórios, pois necessitam de outra célula para sobreviver.

Saiba como se prevenir das doenças virais

As doenças causadas por vírus são muito comum em nosso meio. Isso porque a maioria dessas patologias é transmitida pelo contato interpessoal, seja pelo contato com secreções ou por gotículas salivares. A outra parte, pode ser transmitida por meio de vetores, por meio de alimentos ou pelo contato de objetos contaminados. Independente da forma de contato e do tipo da doença viral, é possível se prevenir, através da adoção de algumas atitudes, entre elas podemos citar:

  •  Vacinação – uma das formas mais eficácias de prevenção, é a vacinação. Através dela, o organismo do indivíduo consegue produzir imunização (defesa) contra os vírus causadores de doenças. Assim, é muito importante que tanto as crianças, como os adultos fiquem atentos ao calendário vacinal, de modo a evitar qualquer contato com os agentes infecciosos;

    590580 A vacinação é uma das melhores maneiras de prevenir doenças virais. Foto divulgação Como evitar as doenças causadas por vírusA vacinação é uma das melhores maneiras de prevenir doenças virais. (Foto: divulgação)
  • Adquira o hábito de lavar as mãos – a lavagem diária das mãos, é uma das formas mais eficaz de se prevenir contra infecções, em especial, do vírus da gripe. Essa atitude deve ser realizada sempre que possível, principalmente, após frequentar locais com grande aglomeração de pessoas;
  • Adquirindo hábitos saudáveis – uma dieta pouco saudável, associada a um padrão de sono ineficaz, são fatos que podem colaborar com a queda da imunidade (defesa) do corpo, favorecendo quadros infecciosos. Assim, é muito importante que o indivíduo realize uma dieta balanceada e equilibrada, enfatizando o consumo de frutas, verduras, cereais integrais e de proteína magra, como a carne de peixe. Além disso, a noite de sono deve ser composta de, no mínimo, sete horas, tempo suficiente para que o organismo restabeleça o metabolismo;
  • Pratique atividade física – foi comprovado, após estudos, que a prática de exercícios físicos regulares, fortalece o sistema imunológico (defesa), colaborando com a prevenção de infecções.

    590580 Adotar o hábito de lavar as mãos é muito importante. Foto divulgação Como evitar as doenças causadas por vírusAdotar o hábito de lavar as mãos é muito importante. (Foto: divulgação)

As patologias virais são muito comuns em nosso meio. No entanto, através da adoção de algumas atitudes saudáveis, é possível prevenir as doenças virais. Além disso, é muito importante que tanto crianças, quanto adultos, fiquem atentos às campanhas de vacinação, mantendo o calendário vacinal sempre em dia.

Saiba como evitar a contaminação por alimentos.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.