Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > 36% dos brasileiros nunca foram ao oftalmologista

36% dos brasileiros nunca foram ao oftalmologista

Por Isah

Um estudo impulsionado pela Sociedade Brasileira de Glaucoma revelou que 36% dos brasileiros nunca foram ao oftalmologista. Os dados ainda mostraram que 18% das pessoas se submeteram aos exames oftalmológicos apenas uma vez na vida.

Muitos brasileiros desconhecem o glaucoma e o risco de cegueira da doença. (Foto:Divulgação)

Brasileiros estão deixando de lado a saúde dos olhos

Para constatar o elevado número de brasileiros que não se preocupam com a saúde dos olhos, os pesquisadores consideraram as informações do Ibope, coletadas em mais de 2 mil entrevistas realizadas em todo o país.

O levantamento ainda forneceu outras informações preocupantes para os órgãos de saúde. Dos participantes da pesquisa, 36% nunca ouviram falar em glaucoma. Este desconhecimento sobre a doença está presente em todos os níveis de escolaridade, afinal, cerca de 10% dos entrevistados com ensino superior alegaram nunca ter ouvido falar a respeito do glaucoma.

O desconhecimento das pessoas é apenas um dos problemas revelados pelos dados estatísticos. Outro fator bastante preocupante é o envelhecimento da população. Dos brasileiros que completam 40 anos, 2% apresentam o glaucoma. Este índice sobe para 6% quando se trata de pessoas com mais de 60 anos de idade.

O diagnóstico tardio de algumas doenças pode não evitar a cegueira. (Foto:Divulgação)

Das pessoas que alegaram conhecer o glaucoma, 41% delas imaginam que o quadro da doença pode ser revertido com tratamento. Entretanto, quando o diagnóstico não é feito logo nos sintomas iniciais, o glaucoma pode prejudicar a visão de forma irreversível e levar a cegueira total.

Segundo Vital Paulino Costa, presidente da Sociedade Brasileira de Glaucoma e professor da Unicamp, há uma estimativa de que um milhão de pessoas sofram com o glaucoma, mas apenas 50% dos pacientes estão realizando tratamento. Ele afirma ainda que a falta de informação e a dificuldade para o acesso a uma consulta são os principais motivos para a negligência da população com relação a saúde dos olhos.

Saiba mais: Idade, sexo e local do domicílio são fatores de risco para o glaucoma

A importância de consultar um oftalmologista

Diante do resultado da pesquisa, surge a necessidade de reforçar o acesso ao tratamento oftalmológico, além de oferecer informações sobre a importância de prevenir problemas de visão.

A visita ao oftalmologista não serve apenas para a prescrição de óculos, mas também para diagnosticar doenças. (Foto:Divulgação)

Quando um paciente tem o costume de ir ao oftalmologista com certa regularidade, ele pode ser diagnosticado com uma doença em seu estágio inicial, como é o caso do glaucoma. Desta forma, o tratamento precoce evita danos agressivos ou até mesmo a perda total da visão.

A consulta a um oftalmologista não serve apenas para a prescrição de óculos, ela também permite diagnosticar e evitar o agravamento de diversas doenças, entre as quais está o glaucoma, considerado o maior causador de cegueira no mundo. Ao fazer os exames oftalmológicos, o médico também pode descobrir a presença de tumores, hipertensão, retinopatia diabética e até mesmo AIDS.

Veja também: Oculista Gratuito, Consulta Grátis

Recomendado para você
Bem Estar

Curso de Massoterapia RJ Preços, Escolas Técnicas

Bem Estar

Tendências de tatuagens masculinas para 2017 (mais de 100 fotos incríveis)

Bem Estar

Receita de molho tártaro passo a passo

Bem Estar

Decoração de festa de formatura – ideias, dicas, fotos

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *