Search

11 de agosto: Dia do Pendura

Em 11 de agosto de 1827 eram criados os primeiros cursos de Direito do país. Em comemoração à data, estudantes e advogados costumam ir a bares e restaurantes e pedir para pendurar a conta.
Google plus

O dia 11 de agosto é de grande comemoração para os advogados e estudantes do curso superior de Direito em todo o Brasil, já que nessa data é celebrado o Dia do Advogado. Porém, para os donos de bares e restaurantes, essa data não é de muita comemoração, já que também se celebra, no mesmo dia, o Dia do Pendura.

No Dia do Pendura, estudantes de Direito e Advogados comemoram a data em bares e restaurantes e costumam pedir para "pendurar" a conta (Foto: Divulgação)

Pendura (ou “Pindura”, dependendo da região em que você está), para quem não sabe, é uma expressão popular que se refere ao ato de comprar fiado, combinando com o dono de um determinado estabelecimento para pagar a compra posteriormente.

Em tempos passados, nas antigas casas comerciais (farmácias, mercearias, bares, etc), havia o hábito de colocar as contas (anotadas em papéis) dos fregueses que compravam fiado em pregos nas paredes, ou seja, eles pediam para “pendurar” a conta, para pagar depois. Vem daí a origem do termo.

Leia também: 19 de maio: Dia dos Acadêmicos do Direito

Como nasceu o Dia do Pendura

Antigamente, donos de bares e restaurantes convidavam estudantes e advogados para comer e beber de graça. Em agradecimento, eles proferiam belos discursos (Foto: Divulgação)

Em 11 de agosto de 1827, Dom Pedro I criava os dois primeiros cursos de Direito do Brasil, instituídos através de Decreto: em Olinda (PE), onde funciona atualmente a Faculdade de Direito do Recife, e em São Paulo, no Largo São Francisco.

Como a profissão de advogado possuía uma grande notoriedade na época do Primeiro Império (1822 a 1831), a criação dos cursos de Direito foi motivo de grande comemoração. Os donos de bares e restaurantes convidavam os advogados e estudantes da área para celebrar a data em seus estabelecimentos, tudo por conta da casa.

Dessa forma, todos bebiam e comemoravam bastante e em forma de agradecimento, os acadêmicos e os profissionais do Direito proferiam belos discursos ao final do banquete, deixando bastante honrados os proprietários dos estabelecimentos e também as outras pessoas que estavam presentes à festa.

Outra data comemorativa: Dia do amigo, origem da data

O Dia do Pendura atualmente

Atualmente, a comemoração tem resultado em bagunça e confusão. Alguns estabelecimentos já avisam que não participam da celebração (Foto: Divulgação)

Com o passar do tempo e o surgimento de milhares de cursos de Direito pelo país, o Dia do Pendura acabou virando uma imposição dos estudantes aos donos de bares e restaurantes, perdendo um pouco da sua ideia inicial de confraternização.

Tornou-se comum a reunião de estudantes de Direito em bares e restaurantes neste dia, sob a desculpa de comemorar a data, pedindo pratos caros e muita bebida, e saindo do local sem pagar a conta, o que acaba resultando em confusão, já que muitos proprietários chamam a polícia para resolver a situação.

O que muitos não sabem é que segundo a ideia original de comemoração da data, o dono do estabelecimento é quem convidava os estudantes e advogados para a confraternização, e acabam se convidando por conta própria. Existe até uma música, que muitos deles cantam nessa data:

“Garçom, tire a conta da mesa

E ponha um sorriso no rosto

Seria uma grande avareza

Cobrar no 11 de agosto”.


Google plus


Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

Antes de enviar um comentário, verifique seu conteúdo. Comentários que violem os Termos de Uso e Condições de Navegação do Portal mundo das Tribos e as leis em vigor poderão ser removidos pelo Portal Mundo das Tribos, sem prejuízo da adoção das medidas legais cabíveis pelo Portal.

Política de privacidade
Termos de uso e condições do site


Top