19 de maio: Dia dos Acadêmicos do Direito

O Dia do Acadêmico de Direito, comemorado em 19 de maio, serve para parabenizar os estudantes e profissionais da área. A data também representa…

Por Isabella Moretti em 19/05/2012

O acadêmico do direito aprende como aplicar as leis do seu País.

O Dia do Acadêmico de Direito, comemorado em 19 de maio, serve para parabenizar os estudantes e profissionais da área. A data também representa uma ótima oportunidade para fazer reflexões e debates a respeito da postura profissional assumida pelas pessoas formadas em direito e que ocupam cargos importantes na sociedade, como advogados, juízes e promotores.

As pessoas que estão se graduando em Direito devem reconhecer a importância da ética e o compromisso com a verdade para atuar nos tribunais. O profissional desta área possui uma função essencial para sociedade, que consiste em fazer valer as leis do País e colocar em prática o ideal de justiça.

O Direito é uma área competitiva, por isso as pessoas interessadas em construir uma carreira de sucesso devem se dedicar aos estudos, realizar concursos e aprender com outros profissionais que já possuem experiência. O acadêmico deve buscar sempre referenciais para atuar no ramo jurídico e aperfeiçoar os seus conhecimentos.

Santo Ivo, padroeiro dos advogados.

No dia do acadêmico de direito também se comemora o Dia de Santo Ivo, falecido em 19 de maio de 1303. Este santo é conhecido como o padroeiro dos advogados e, em vida, foi um frade franciscano muito inteligente, que brilhou no campo da filosofia. Ele assumiu o cargo de juiz do tribunal eclesiástico e atuou arduamente em defesa dos injustiçados. Santo Ivo recebeu o título de ‘advogado dos pobres’, se destacando como uma pessoa justa e bondosa. Tornou-se um exemplo ainda maior ao construir um hospital e cuidar dos doentes com as próprias mãos.

Veja também: Faculdade de Direito SP

A área de direito

O direito é a ciência que coloca em prática as normas jurídicas da nação, com o objetivo de manter a ordem na sociedade e punir os infratores. O profissional formado nesta área tem o compromisso de respeitar a Constituição e zelar pelas relações harmônicas entre os indivíduos, ou seja, regular os relacionamentos sociais.

Não basta apenas passar pela faculdade de direito para se formar um advogado, também é necessário ser aprovado no Exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) para poder atuar na profissão. Com a aprovação, o advogado também pode buscar crescimento na sua carreira jurídica, prestando concursos públicos para juiz, promotor e delegado.

Os acadêmicos aprendem sobre as leis e participam de julgamentos simulados.

O curso de graduação em direito tem duração média de cinco anos, sendo que os alunos adquirem conhecimentos para encarar os desafios da profissão. As aulas teóricas normalmente abrangem conhecimentos sobre as leis e suas aplicações, incluindo no programa disciplinas como Direito Penal, Civil, Comercial, Constitucional e Comercial. Com relação a prática, os acadêmicos participam de simulações de julgamentos.

Saiba mais: Melhores faculdades de Direito no Exame da OAB

Top