Você está em: MundoDasTribos > Tecnologia> Venda de tablets cresce mais de 350% no Brasil

Venda de tablets cresce mais de 350% no Brasil

Por Isah
Aumenta o número de tablets vendidos no Brasil.

Os tablets estão se tornando cada vez mais populares entre os brasileiros. O aparelho que apresenta uma mistura das funções do celular com o notebook garante portabilidade aos usuários para realizar várias tarefas do dia a dia, como ver email, jogar e navegar a vontade pela internet.

Saiba mais: Tablets mais baratos – preços, onde comprar

Venda de tablets cresce espantosamente

A venda de tablets cresceu significativamente no Brasil, atingindo um percentual de 351% nos três primeiros meses de 2012. Os números impressionam e revelam que os aparelhos possuem uma forte tendência para ultrapassar outros produtos de informática, como o notebook e o desktop.

De acordo com os dados de uma consultoria especializada em tecnologia IDC, mais de 370 mil aparelhos foram vendidos em todo o país nos três primeiros meses deste ano. A queda dos preços foi um fator importante para que comercialização dos tablets se tornasse mais aquecida.

Calcula-se que, até o final de 2012, mais de 2,5 milhões de tablets serão vendidos no Brasil.

A IDC calcula que, até o final de 2012, mais de 2,5 milhões de tablets serão vendidos no Brasil, acompanhando a taxa de crescimento. A previsão revela uma alta de 212,5%, comparada à venda dos aparelhos no ano passado, que foi de 800 mil.

Os dados também apontam que o crescimento da comercialização dos tablets é muito acelerado e supera outros aparelhos bem quistos no mercado. Segundo uma projeção da IDC, neste ano de 2012, a cada quatro notebooks ou netbooks comercializados, deve ser vendido um tablet. Em 2011, a relação era de dez para um.

Queda dos preços e a variedade aquecem as vendas de tablets

A redução dos preços tornou a compra de tablets mais acessível e, em consequência, aqueceu o mercado. Algumas empresas que fabricam o aparelho contam com benefícios tributários para baratear os preços, como é o caso da Positivo. Em 2011, apenas 3% dos tablets eram vendidos abaixo de R$ 1 mil, no entanto, este índice subiu para 33% este ano.

Além dos preços mais acessíveis, a variedade de tablets também está muito maior em 2012. Desta forma, o consumidor conta com mais opções para escolher o seu aparelho ideal. O mercado tem oferecido produtos para todos os gostos e bolsos: o iPad Apple se destaca como a alternativa mais cara e sofisticada, o Galaxy Samsung e o Ypy Positivo ocupam uma posição intermediária com preço médio e os tablets mais baratos são aqueles que pertencem as marcas menos conhecidas, como as fabricantes chinesas.

O Ypy Positivo possui o preço mais acessível do que o iPad.

As fabricantes nacionais estão ganhando maior visibilidade no mercado de tablets, sendo que nem sempre o principal objetivo é concorrer com o iPad. A Positivo, por exemplo, lançou o seu primeiro aparelho em setembro de 2011, mas já tem planos de aprimorar a sua tecnologia no próximo modelo. Já a DL, quer continuar desenvolvendo tablets para atender as classes C e D.

Veja também: Os modelos de tablets mais vendidos do mercado

Recomendado para você
Tecnologia

Mapas de Localização de Ruas Via Satélite

Tecnologia

Como colocar Post it na área de trabalho do windows

Tecnologia

Facebook login – Como entrar no www.facebook.com

Tecnologia

Como Entrar no Hotmail – www.hotmail.com.br

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *