Vamos tirar o planeta do sufoco – site oficial

Vamos tirar o planeta do sufoco

Como surgiu a ideia?

No ano de 2006, Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos do mandato de Bill Clinton, lançou o filme ‘An Incovenient Truth’ (Uma Verdade Inconveniente), um documentário sobre os efeitos do aquecimento global. Esse ganhou o Oscar de melhor documentário no ano de 2007.

A partir disso, Al Gore iniciou um apelo por todo o mundo tendo como intuito o desenvolvimento sustentável. Através dessa campanha, chamou a atenção de economistas mundiais para que se preservasse o meio ambiente, incluindo o clima, a qualidade da água, a manutenção do solo, o que garante a preservação do planeta para as próximas gerações.

Conquistando o Brasil

Com a grande repercussão do documentário, a grande capital brasileira, São Paulo, começou a questionar seu papel em relação à sustentabilidade. Assim, Claudinho Souza, então vereador da cidade, criou um projeto de lei que visava à substituição das sacolas plásticas comuns pelas de material biodegradável.  O projeto foi colocado em prática no dia 12 de Setembro de 2007. Foi a partir desse marco que o anseio de proteger o mundo foi tomando espaço nacional.

Sacolas retornáveis

De mãos dadas com a Associação Paulista de Supermercados (APAS)

Já no ano de 2008, a APAS definiu o tema ‘sustentabilidade em nome do consumidor’ dando continuidade ao projeto proposto pelo vereador, no ano anterior. Essa apoiava o uso de sacolas ditas ‘retornáveis’, porém sem focar a substituição completa. Foi então que deu início a uma longa empreitada.

Após anos de conversas e decisões, chegou-se a um veredicto no ano de 2011,quando o secretário do meio ambiente Bruno Covas esteve na APAS. Nesta ocasião ficou acertada a parceria entre a entidade e a substituição por completo das sacolas feitas de plástico comuns, as então conhecidas ‘descartáveis’ nos supermercados nacionais. Foi a partir do decreto que o site teve início.

Ao acessar o www.vamostiraroplanetadosufoco.org.br nos deparamos com um grande número que se altera a cada segundo. Este mostra a quantidade de sacolas plásticas descartáveis à base de petróleo que deixaram de ser jogadas no meio ambiente.

Fazendo parte da campanha

Além disso, no próprio site existe um link intitulado como ‘Abaixo Assinado’. Ao clicar no slogan, você poderá se cadastrar e fazer parte da contagem de pessoas que são a favor da substituição de sacolas descartáveis, pelas retornáveis nos supermercados brasileiros.

Porém, não adianta apenas concordar, é preciso participar! Ao optar pelas sacolas ‘retornáveis’ você estará contribuindo para um mundo mais limpo e sustentável. Pense nisso!

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply