Vagas temporárias para salva-vidas no RS

Teve início o processo de seleção da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, que está recrutando 600 pessoas para o cargo de salva-vidas…


Teve início o processo de seleção da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, que está recrutando 600 pessoas para o cargo de salva-vidas civis. As vagas são temporárias para suprir o aumento da demanda de turistas no litoral brasileiro. Das 600 oportunidades, 400 é para o litoral norte, 110 para balneários de águas internas (capital, região metropolitana, litoral norte, região central, região sul, Vale do Rio Pardo, Vale do Rio dos Sinos e fronteira oeste) e as 90 vagas restantes são para o litoral sul.

Os selecionados deverão atuar nos meses de dezembro (2011), janeiro, fevereiro e março de (2012). O contrato pode ser prorrogado havendo necessidade. Para se candidatar, basta ter no mínimo 18 anos completos e no máximo 40 anos, na data da inscrição. Os interessados devem preencher o cadastro disponível no site www.brigadamilitar.rs.gov.br, até o dia 28 de novembro.

O recrutamento e a seleção dos candidatos será realizada em duas partes, sendo a primeira etapa testes de habilidades físicas, em que serão avaliados a situação da saúde do candidato. Também, serão feitos exames odontológicos, mental e de aptidões físicas. A segunda fase irá avaliar a capacitação técnica, com duração de 200 horas, em seu total de aulas.

Os candidatos também passarão por provas objetivas, que deverão ser realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro de 2011. Após a seleção, os candidatos aprovados deverão passar por treinamento, que acontecerá nos dias 7 a 21 de dezembro em diferentes praias do litoral brasileiro. O treinamento tem por objetivo capacitar os profissional para o salvamento e o controle da população em situações que exigem tal procedimento.

Durante o processo em que o candidato selecionado estiver em curso de capacitação, ele receberá um salário, que será compatível com o salário base, pago na região, em que as aulas serão ministradas. Quando a contratação for efetivada, o salva-vidas receberá um salário mínimo, de acordo com a região do país em que vive, com um adicional de 100%, por causa do risco de vida que a profissão oferece. Além do salário, o trabalhador receberá vale-transportes e 30 auxílio-refeição.

Leia Também:  Trabalhe Conosco Bombril: oportunidades de emprego

Top