Vacinas para cães – Quais são

Quando temos um melhor amigo, possuímos uma relação recíproca de cuidado e respeito, visando sempre o bem-estar do ser adorado. O mesmo ocorre com nossos companheiros animais, que nos trazem muita alegria durante o decorrer de nossas vidas. Estima-se que no Brasil, 45 milhões de pessoas têm cães, e todo esforço é válido para cuidar com carinho daqueles que diariamente arrancam sorrisos de nossos rostos.

Vacine seu cão para que ele tenha um desenvolvimento saudável

O Artigo 2 da Declaração Universal dos Direitos dos Animais declara: “Cada animal tem direito à consideração, à cura e à proteção do homem”. Portanto, ser amigo de nosso cãozinho implica em não somente brincar e alimentar, mas também, cuidar da sua saúde.  Vacinar um cão é fundamental para prevenir que muitas doenças se manifestem, pois elas garantem uma proteção contra diversos tipos de vírus e bactérias. Não só para o benefício de nosso fiel amigo, as vacinas também são válidas para o conforto dos donos, visto que contágios de proporções maiores serão evitados.

Veja quais são as vacinas que seu cão deve tomar

Múltipla

Se o cão foi amamentado por sua mãe, sua imunidade será receptiva à primeira vacina aos 45 dias de idade. As vacinas múltiplas V8 e V10 protegem o animal contra a Cinomose, Parvovirose, Leptospirose, Hepatite, Coronavírus, Adenovírus, Influenza, entre outros malefícios.

A primeira dose deve ser dada aos 45 dias de idade, a segunda aos 75 dias, a terceira aos 105 dias e, após estas três doses, repita  o procedimento uma vez ao ano.

Gárdia

Essa vacina é muito importante para a saúde em geral, visto que o vírus pode ser transmitido do cão para o homem. Deve-se efetuar a vacinação durante também os 45 dias de vida do animal.

A dose deve ser repetida por exatamente após 30 dias e depois deste prazo, fazer a reposição anual da mesma.

Proteja sua família e o seu melhor amigo

Anti-rábica

Muito conhecida, essa vacina previne o vírus infeccioso da raiva. A partir dos 4 meses quando o cão ainda é um filhote, é exigido por lei que todo animal deve ser vacinado contra essa doença e a reposição deve ser efetuada todos os anos.

 Traquibronquite

Causada por uma bactéria específica que ocasiona inflamação da traqueia, a doença infecciosa é conhecida como “tosse canina“. Atingindo os brônquios e podendo levar à uma pneumonia, é facilmente transmitida a outros animais que convivem com o cão infectado.

A primeira dose deve ser tomada dos 45 aos 60 dias de vida, quando um cachorro ainda é um filhote. Uma segunda dose deve ser reaplicada após 30 dias caso seja injetável. A versão intranasal possui uma aplicação única. O processo, assim como os demais, também deve ser realizado uma vez por ano.

Demonstre amor ao seu melhor amigo, vacinando-o contra doenças

O mais aconselhável, seja seu cão filhote ou adulto, é procurar um bom e especializado veterinário que dará todas as orientações necessárias para que seu melhor amigo possa lhe trazer muita alegria durante toda sua vida.

Reply