Uso de Megahair Pode Causar Queda de Cabelo

O megahair é uma técnica que visa o alongamento dos fios, deixando a mulher com as madeixas mais longas e bonitas. Apesar da popularidade…

O megahair é uma técnica que visa o alongamento dos fios, deixando a mulher com as madeixas mais longas e bonitas. Apesar da popularidade na área de beleza, o procedimento tem sido alvo de críticas pelo fato de aumentar a incidência de queda de cabelo.

Há várias formas de aplicação de megahair, mas todas consistem na colocação de tufos de cabelo humano para alongar. Entre as técnicas que estão em alta no mercado vale ressaltar o polímero de queratina, entrelaçamento com nó, cola de queratina e mini-cápsulas. É claro que algumas formas de aplicar o megahair se revelam mais ameaçadoras que outras.

Antes de realizar o alongamento dos fios é necessário conhecer a credibilidade do cabeleireiro responsável pelo trabalho. Ele precisa ser habilitado na técnica, ou seja, ser um profissional treinado para não cometer erros que comprometam a saúde do couro cabeludo. O megahair se revela muitas vezes a solução para as mulheres que não conseguem deixar o cabelo crescer, mas todo cuidado é pouco para não se tornar uma vítima do procedimento.

Segundo especialistas britânicos, o megahair é uma técnica prejudicial porque interfere na saúde do couro cabeludo. O procedimento depende do uso de uma cola apropriada para inserir as novas mechas de cabelo, além da necessidade de calor para que o efeito dos fios se torne o mais natural possível. Enfim, um megahair realizado por um profissional competente costuma ter um resultado visualmente positivo, já que as madeixas possuem movimento, brilho e naturalidade.

A Sociedade Britânica de Tricologia, responsável por desenvolver estudos sobre cabelos, expôs a idéia de proibir o megahair. O argumento usado para a proposta é a queda dos fios, que se torna mais freqüente em mulheres que se submeteram a técnica. Quando a aplicação dos fios é realizada de forma indevida, aumenta o risco de sofrer com inflamações no couro cabeludo e bloqueio do nascimento de novos fios.

Continuar Lendo  Ordem da aplicação da maquiagem

Dependendo da forma como o megahair é realizado, ele provoca a quebra dos fios naturais e compromete toda a estrutura capilar. Quando diagnosticada no começo, a inflamação pode ser tratada e o cabelo recuperado aos poucos. No entanto, nem sempre é possível reverter uma inflamação e isso impede para sempre o nascimento dos fios naturais. O quadro inflamatório do megahair é o principal responsável pela queda, por isso é importante não deixar a situação chegar a esse ponto. No que diz respeito a danos irreversíveis nos cabelos, os dreadlocks também são questionados.

O fato de o megahair causar queda de cabelo tem deixado muitas mulheres apreensivas. No entanto, quando se escolhe um profissional que domina a técnica e tem experiência nesse trabalho, os riscos de sofrer danos no couro cabeludo são bem menores. Lembre-se de que um bom alongamento costuma ser demorado e seu custo varia de R$ 1,5 mil a R$ 5 mil. A manutenção do megahair é outro ponto muito importante para evitar a queda de cabelo, por isso os especialistas recomendam a retirada e recolocação das mechas de três em três meses.

Além de procurar um bom cabeleireiro para a aplicação do megahair, é importante que a mulher tenha o cuidado de se consultar com um dermatologista e evitar possíveis inflamações. O acompanhamento aparece como algo extremamente necessário para evitar problemas, mas não são todas que se submetem a isso.

Depois de anos disponível no mercado de beleza e representando um forte pedido nos salões, não é certeza que o megahair será efetivamente proibido. Estudos mais cautelosos estão verificando a proposta. Em todo caso é recomendado ter muito cuidado com o alongamento e ficar em alerta para qualquer excesso na queda dos fios.

Continuar Lendo  Manchas: Previna com Tratamentos Específicos

 

Top