Turismo Religioso no Brasil

Turismo Religioso no Brasil

O turismo no Brasil, a exemplo do resto do mundo, é segmentado em diferentes setores, com o objetivo de atender melhor os interesses, as…

Por Redacao em 13/03/2011

O turismo no Brasil, a exemplo do resto do mundo, é segmentado em diferentes setores, com o objetivo de atender melhor os interesses, as necessidades e os desejos dos turistas ao organizar roteiros ou atividades. Assim temos vários segmentos turísticos, como o ecoturismo, o turismo para a 3ª idade, o turismo gay, o turismo comercial, o turismo de saúde, o turismo religioso, etc.

Com essa segmentação os órgãos responsáveis pelo turismo pretende oferecer aos turistas produtos especiais que atendam suas expectativas, e assim o segmento religioso no Brasil tem se organizado para atender uma demanda cada vez maior.

Dentro deste objetivo o Ministério do Turismo está selecionando cinco destinos turísticos de municípios brasileiros, com infra-instrutura e vocação para o turismo religioso, destinos estes que depois de selecionados devem apresentar seus projetos e receberão por um prazo determinado um apoio especial do Ministério do turismo para desenvolver suas potencialidades.

O objetivo do Ministério do Turismo do Brasil é desenvolver neste ano de 2011 cinco novos destinos turísticos religiosos, com bom potencial e infraestrutura para atrair turistas nacionais e internacionais.

De acordo com Sáskia Lima que é coordenadora – geral de segmentação do MTur poderão apresentar projetos municípios de todas as partes do Brasil desde que contem com uma boa oferta turística e que tenham vocação para esse segmento de turismo.

A iniciativa é abrangente e não faz diferença a religião ou crença de modo que todos podem participar. O potencial do Brasil para o turismo religioso é muito grande e bastante diversificado também de modo que nosso país tem condições mais do que suficientes para se tornar um destino especial para o mercado de turismo religioso a nível internacional.

Esta ação é resultado de uma parceria feita entre o Ministério do Turismo e o Instituto Cultural e Educacional de Paraguaçu (INCEP). De acordo com os dirigentes do projeto o fluxo doméstico recebe um grande impulso desse importante segmento que é Turismo Religioso e com a grande diversidade que tem o Brasil nesse campo, há muito ainda a desenvolver, mas para isso é preciso estruturar a oferta, a infra-estrutura e investir na qualificação profissional.

Top