Você está em: MundoDasTribos > Hypes > Curiosidades> Segundo pesquisa, quanto maior seu cérebro, maior seu QI

Segundo pesquisa, quanto maior seu cérebro, maior seu QI

Por Isah

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Washington em St. Louis, nos Estados Unidos, revelou que o tamanho do cérebro influencia no QI. Isto foi constatado após os pesquisadores analisarem os cérebros das pessoas e identificarem as variações cerebrais.

O tamanho do cérebro influencia em 6,7% na inteligência. (Foto:Divulgação)

O tamanho do cérebro influencia na inteligência

Para chegar à conclusão de ‘quanto maior o cérebro, mais QI’, os estudiosos realizaram “scanners” no cérebro, procurando setorizar cada parte do órgão pela inteligência. A princípio, o principal objetivo do trabalho consistia em avaliar as conexões neurais entre córtex pré-frontal esquerdo e o cérebro, mas foi possível fazer outras constatações interessantes com a averiguação esta parte do órgão, que influência em 10% do desempenho intelectual.

Os cientistas americanos constataram, então, que o tamanho do cérebro influencia em 6,7% na inteligência. O QI superior é uma consequência da quantidade de conexões do indivíduo. Assim, quanto mais conectividade existir entre a região logo atrás da testa (córtex pré-frontal esquerdo) com o cérebro, mais inteligente o indivíduo é.

Quanto maior o cérebro, mais conexões neurais existem. (Foto:Divulgação)

A técnica de escaneamento do cérebro usada pelos pesquisadores é uma forma moderna de avaliar as funções neurais, por isso tem sido muito usada para estudos. No caso do trabalho sobre QI, foi possível medir a inteligência e chegar a uma conclusão bem interessante, que antes era considerada apenas um mito.

Os cientistas acreditam que muito em breve existirá um teste de inteligência padronizado para avaliar os cérebros de recém-nascidos, para que os pais tenham uma noção do desempenho intelectual que o filho vai apresentar ao longo da vida.

Veja também: Consumo de maconha na adolescência pode reduzir QI

Mitos e verdades sobre QI

O QI (Quociente de Inteligência) é uma medida capaz de avaliar a capacidade cognitiva de cada indivíduo. Os primeiros testes surgiram na China, mas começaram a ser usados de forma científica na França, durante o século XX.

Os cientistas continuam tentando desvendar o cérebro. (Foto:Divulgação)

Veja a seguir os mitos e verdades a respeito do QI:

Pessoas com QI elevado possuem uma saúde melhor.
Verdade. Quem tem QI alto tem menores chances de sofrer com desordens associadas ao estresse pós-traumático, depressão e esquizofrenia. O índice de mortalidade também é menor.

QI elevado aumenta as chances de TOC.
Verdade. Se por um lado o QI alto trás benefícios para a saúde mental, por outro ele pode aumentar as chances de transtorno obsessivo-compulsivo.

QI mais alto do mundo é o de Albert Einstein.
Mito. O QI mais alto do mundo existe e consta no Guiness Book, o livro dos recordes. O detentor do maior quociente de inteligência é Kim Ung-yong, um físico e engenheiro coreano que obteve 210 pontos nos testes. Einstein, por sua vez, tem ‘apenas’ 160 pontos.

QI elevado aumenta a propensão de usar drogas
Verdade. Uma pesquisa britânica, liderada por James White, revelou que o quociente de inteligência alto aumenta as chances de a criança usar drogas na adolescência ou na fase adulta. Isto acontece porque estas pessoas são mais abertas a novas experiências e sensações.

Leia mais: Descubra o quão inteligente você é com este teste de QI

Recomendado para você
Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *