Saiba a diferença entre a poupança e o cheque especial

Você já deve ter escutado alguém perguntando se a conta é poupança ou corrente. A diferença com relação as duas modalidades é que a…

Por Élida Santos em 27/12/2011

Poupar dinheiro é uma estratégia que pod te ajudar em muitas situações (Foto: Divulgação)

Você já deve ter escutado alguém perguntando se a conta é poupança ou corrente. A diferença com relação as duas modalidades é que a conta corrente existe para que as pessoas movimentem o dinheiro, ou seja, deixem disponível no banco para a utilização rápida, ou por meio de pagamento na modalidade cartão de débito, ou cheque. Já a conta poupança é utilizada para guardar dinheiro. A pessoa não paga taxa para ter uma conta poupança, pois a intenção é que o dinheiro permaneça depositado por um período.

Para poupar não é necessário depositar o valor em uma conta poupança, basta somente guardar o dinheiro de alguma forma. Poupar se resume em guardar uma parte do dinheiro que você geralmente destina para o consumo. Nesse caso você pega o dinheiro e guarda ou aplica. No caso da conta poupança o banco te paga um percentual para que o dinheiro fique todo mês guardado no banco. Mas a pessoa pode realizar a aplicação do dinheiro poupado, como por exemplo, pagando um programa de previdência privada, onde o cliente aplica o dinheiro deixando por anos em posse do banco e depois de um tempo pode resgatar o valor integral do investimento, mais juros que serão pagos pelo banco para o cliente.

O cheque especial pode ser utilizado quando o dinheiro acaba (Foto: Divulgação)

Já o cheque especial é um valor de dinheiro que fica disponível em sua conta corrente, de acordo com o valor liberado pelo banco, para que você utilize em casos de necessidade, porém, se utilizar esse dinheiro e não repor em 30 dias o banco cobrará juros, que variam de acordo com a instituição financeira que administra o dinheiro. A grande diferença entre poupança e cheque especial é que no caso da poupança o banco paga para o cliente um valor referente ao tempo que o valor ficou disponível na sua conta, pois esse dinheiro em caixa agrega valores para o banco. Já o cliente que pega o dinheiro emprestado do cheque especial deve pagar para o banco pela concessão do benefício.

O cofrinho é uma boa forma de poupar dinheiro (Foto: Divulgação)

O cheque especial pode ser aproveitado pelo cliente que sabe como utilizá-lo sem pagar as taxas de atraso na utilização do benefício, porém, é necessário prudência mesmo assim, para que você saiba administrar o seu dinheiro e gaste somente o que ganhe. Sobre a poupança, é necessário poupar sempre, para que em caso de necessidade você tenha um dinheiro para aplicar, ou até mesmo para pagar despesas urgentes.

Top