sexta-feira, 30 de setembro de 2022 - 30/09/2022 10:18:59
MundodasTribos

O fundo de investimento é uma forma de aplicação financeira no qual as pessoas esperam obter lucros dentro de um determinado prazo. No entanto, antes de investir o dinheiro, é necessário obter informações sobre o fundo e saber interpretá-las.

Antes de aplicar o dinheiro, é preciso conhecer as características do fundo. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Fundo de investimento para torcedores do Corinthians Caixa

O que este artigo aborda:

Dicas para lidar com fundos de investimento

Antes de aplicar o dinheiro em um fundo de investimento, a pessoa deve conhecer as principais características do negócio. Uma boa forma de obter estas informações é através do prospecto, um documento obrigatório que contém detalhes sobre o fundo.

Para descobrir se o fundo é favorável ou não, o investidor deve conhecer a exposição ao risco, saber para onde vai o dinheiro, qual o prazo de retorno e quais são as taxas que incidem.

Existem vários tipos de fundos de investimento, como o conservador (de renda fixa), que possui baixo risco e rentabilidade semelhante à poupança. A escolha da melhor aplicação deve considerar descontos como taxa administrativa e imposto de renda.

Existem vários tipos de fundos de investimentos, mas nem sempre eles compensam. (Foto:Divulgação)

Antes de investir, é importante ter em mente algumas informações:

– Fundo com aporte maior apresenta taxas menores, por isso é mais interessante;

– Os fundos de renda variável cobram uma taxa de performance quando a rentabilidade ultrapassa o indicador usado como parâmetro;

– A rentabilidade líquida deve ser avaliada e depois comparada com o perfil do investidor;

– Antes de aplicar o dinheiro, o investidor deve levar em conta a credibilidade da instituição e da equipe gestora;

– Se o investidor sentir dificuldades para realizar as contas ou comparar os fundos de investimento, ele deve procurar um consultor financeiro e pedir ajuda.

Sair de um fundo de investimento

Para deixar um fundo de investimento, é necessário verificar as questões fiscais e tributárias.(Foto:Divulgação)

Se o investidor está precisando de dinheiro ou pretende mudar a sua estratégia de investimento, ele deve deixar a aplicação financeira. Mas, antes de renunciar totalmente à carteira, ele precisa verificar as questões fiscais e tributárias.

É fundamental que o investidor saiba exatamente a data da primeira aplicação para que, ao deixar o fundo, consiga pagar o mínimo de imposto possível. Também é importante considerar os motivos que estão levando ele a deixar o fundo.

Caso a saída do fundo seja justificada pela baixa rentabilidade, é recomendo pensar melhor, pois é normal a aplicação apresentar momentos de altos e baixos. Na maioria das vezes não compensa deixar um fundo para entrar em outro apenas porque no momento o investimento está mais ou menos rentável.

Veja também: Fundo de Investimento BB

O conteúdo "Como deixar um fundo de investimento" foi feito por Isabella Moretti e distribuído por MundodasTribos na categoria Economia em .

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Novas Regras Para Cartão de Crédito 2011

Novas Regras Para Cartão de Crédito 2011

Itaú Empréstimos – Banco Itaú

Itaú Empréstimos – Banco Itaú

Faça a atualização do CadÚnico e aproveite os benefícios da ID Jovem

Faça a atualização do CadÚnico e aproveite os benefícios da ID Jovem

10 ideias para economizar na festa e cerimônia de casamento

10 ideias para economizar na festa e cerimônia de casamento

Aposentados que continuam trabalhando podem pedir uma revisão do benefício do INSS

Aposentados que continuam trabalhando podem pedir uma revisão do benefício do INSS

Empréstimo Simulação Caixa Econômica

Empréstimo Simulação Caixa Econômica