Roupas e calçados lideram intenção de compras no Natal brasileiro

Presentes de uso pessoal como roupas e calçados lideram as intenções de compras no Natal brasileiro com 68,6% das recomendações, segundo uma pesquisa da…

Imagem: (Foto Divulgação)

Presentes de uso pessoal como roupas e calçados lideram as intenções de compras no Natal brasileiro com 68,6% das recomendações, segundo uma pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (Ipsos/CSP), publicada na última sexta-feira. Mesmo com uma queda de 7,8 pontos percentuais em relação ao ano passado, esses presentes continuam como os mais desejados.

Na segunda posição no catálogo de prioridades estão os eletrodomésticos e eletroeletrônicos (geladeira, fogão, TV, tablets computador, entre outros) com 27,2%, acréscimo de 8,7% com relação ao ano passado que era de 18,5%. Logo atrás aparecem as joias com 14,3% seguidas de celulares (8,6%), CDs (10%), livros (4,3%) e brinquedos (2,9%).

Quando verificada a preferência por faixa de renda, o estudo mostrou que as classes D e E lideram o ranking com 75,5% das compras de roupas e calçados. A classe A por sua vez, aparece com 24,4% entre os que desejam comprar joias. Entre os que querem obter tablets com 5,1%, ultrapassando a média geral, que é de 1,4%.

Ainda segundo a pesquisa, os eletrodomésticos e os eletrônicos são os produtos com maior intenção de compra parcelada, como é o caso da TV com 76%, geladeira (78%), fogão (67%) e micro-ondas (60%). Já as compras à vista são as selecionadas para as compras de CDs com 89%, livros com 79%, DVDs com 70% e roupas e calçados com 69%.

Top