Você está em: MundoDasTribos > Tecnologia> Root: o que é, como funciona

Root: o que é, como funciona

Por Andre

Muitos proprietários de smartphones Android vivem reclamando da presença de aplicativos pré-instalados em seus dispositivos, que quase nunca são utilizados e servem apenas para ocupar espaço na memória do aparelho. Diante disso, alguns usuários tentam remover tais apps, mas acabam não conseguindo.

O root é um processo que permite liberar o acesso total ao Android, para que o usuário possa personalizá-lo como quiser (Foto: Divulgação)

O motivo de eles não conseguirem apagar esses aplicativos é que o Android, assim como qualquer sistema operacional baseado no Linux, possui alguns bloqueios para evitar que determinadas configurações do sistema sejam alteradas por usuários inexperientes.

No entanto, esse bloqueio do sistema pode ser quebrado com o processo de root, que permite o acesso total às configurações do Android, possibilitando ao usuário fazer diversas modificações e até mesmo apagar aqueles aplicativos chatos e inúteis instalados por operadoras e fabricantes.

Com o acesso de “Superusuário” liberado, o “smartphone rootado” pode ser modificado ao gosto do proprietário, que tem ainda a opção de instalar ROM’s personalizadas, utilizar aplicativos exclusivos e até mesmo atualizar a versão do Android antes de ela ser liberada oficialmente, entre outras possibilidades.

Como funciona o root

O SuperOneClick é um dos programas que atua no processo de root (Foto: Divulgação)

O root no Android consiste em liberar o acesso total ao sistema operacional do celular, fazendo com que o proprietário se torne o administrador do sistema. Para tanto, é preciso contar com a ajuda de programas específicos para essa tarefa e conectar o smartphone ao computador, já que o procedimento será realizado por meio do PC.

A partir daí, o dono de um smartphone com root poderá fazer com que o aparelho fique muito mais rápido e tenha o desempenho aumentado consideravelmente, já que poderá excluir apps que consomem muita memória, realizar o overclocking do processador e muito mais, entre outras tarefas que não eram possíveis de ser executadas anteriormente.

Os procedimentos de root são diferentes para cada aparelho. Com uma boa pesquisa no Google, citando o modelo do seu celular e a versão do Android instalada nele, dá para encontrar vários tutoriais.

As vantagens e os perigos do root

Nos smartphones com root, é possível instalar ROM's, apagar apps de operadoras e fabricantes e muito mais (Foto: Divulgação)

Conforme dissemos anteriormente, o root no celular oferece liberdade total ao proprietário, para fazer o que quiser com o aparelho, sendo uma ótima opção para usuários avançados, entusiastas da tecnologia e pessoas que possuam algum conhecimento na área.

Algo que o procedimento também libera é a possibilidade de instalar aplicativos no cartão de memória, o que pode ser muito útil especialmente naqueles smartphones mais antigos e que possuem baixa capacidade de armazenamento.

Apesar das vantagens, o processo de root pode trazer vários riscos (Foto: Divulgação)

Porém, toda essa liberdade pode ter um preço. É que arquivos essenciais ao funcionamento do celular podem ser apagados e até fazer com que o aparelho seja inutilizado para sempre, além de o dispositivo ficar mais vulnerável aos ataques de vírus e outros tipos de malwares, trazendo riscos para o usuário.

Também é preciso ressaltar que o root pode gerar a perda da garantia do celular, já que consiste em um procedimento não recomendado pelas fabricantes e que altera o funcionamento do dispositivo.

Recomendado para você
Tecnologia

Como recuperar uma conta do Facebook

Tecnologia

Como criar uma conta no Skype passo a passo

Tecnologia

Como colocar Post it na área de trabalho do windows

Tecnologia

Mapas de Localização de Ruas Via Satélite

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *