Realizar dieta por somente dois dias é melhor que a semana inteira, segundo pesquisa

Um estudo realizado por ingleses garante que realizar uma dieta por somente dois dias é melhor que sustentar um regime a semana inteira. De…

Por Editorial MDT em 29/12/2011

Imagem: (Foto Divulgação)

Um estudo realizado por ingleses garante que realizar uma dieta por somente dois dias é melhor que sustentar um regime a semana inteira. De acordo com a pesquisa, uma dieta alternada, com baixa ingestão de carboidratos, é mais competente em restringir os níveis de insulina no organismo do que uma dieta padrão.

A finalidade da pesquisa era estudar alternativas para reduzir os níveis de insulina nas mulheres. Altas quantidades da substância elevam o risco de desenvolver câncer de mama. Perda de peso e redução dos níveis de insulina são necessários para prevenir o câncer de mama, mas são metas difíceis de alcançar com as dietas convencionais”, disse Michelle Harvie, Ph.D e pesquisadora do Genesis Prevention Center, de Manchester, na Grã-Bretanha.

A especialista e sua equipe acompanharam por cerca de 90 dias, as decorrências de três dietas distintas na diminuição do peso e dos níveis de insulina em 115 mulheres com histórico de câncer de mama na família.

A primeira dieta aceitava durante dois dias ingerir no máximo 350 calorias, e evitar carboidratos. A segunda presumia ingestão de carboidratos durante dois dias da semana, nos quais seria aceitado comer sem exceções gorduras saturadas derivadas de alimentos como azeite, peixes e nozes. A última era a dieta na qual tolerava a ingestão de no máximo 1.500 calorias diariamente.

As duas primeiras apresentaram mais resultado na perda de peso e dos níveis de insulina que última dieta. As mulheres  que realizaram as duas primeiras, perderam, em média 4 quilos e tiveram uma abatimento de 22% e 14% nos níveis de resistência à insulina. As que realizaram a última dieta, emagreceram em  média 2,5 quilos e apresentaram 4% de rebate nos níveis de resistência à insulina.

 “É interessante notar que a dieta que restringe o consumo de carboidratos, mas permite o consumo de gorduras insaturadas, é tão eficiente quanto a que restringe tanto o consumo de calorias quanto o de carboidratos”, afirmou Michelle.

Top