Real digital avança e pode se concretizar em 2022

Felipo Bellini 26/08/2021 Notícias

O Banco Central (BC) concentra sua atenção em um novo plano monetário, o Real Digital. De acordo com o mandatário da instituição, o grupo delegado para desenvolver a moeda digital está em um estágio avançado de estudo e a previsão é de que o projeto seja uma realidade em 2022 ou, no máximo, em 2023.

 A implementação de moedas digitais já atrai a atenção dos bancos centrais do mundo inteiro. Ao contrário de moedas criptográficas como o Bitcoin, o Real Digital terá o respaldo do Banco Central e um custo semelhante ao do dinheiro físico emitido.

O que é o Real Digital?

O Real Digital será uma moeda virtual, lançada pelo Banco Central eletronicamente, para ser mais uma opção de transações financeiras como Pix e outras, referida para facilitar a execução e a habituação dos negócios para cada indivíduo e excitar novas formas de negociação. Ela também visará a internet das coisas, que é a inserção de objetos à internet através da tecnologia, e os contratos inteligentes, que atuam através de Blockchain.

 Ao contrário do dinheiro físico, que é de responsabilidade do banco onde o montante é depositado, a nova moeda será de responsabilidade única do Banco Central. O BC garante veementemente que haverá segurança jurídica e cibernética, para preservar a privacidade das transações, e não deve haver diferença com o que já acontece hoje. 

Real digital avança e pode se concretizar em 2022

Fonte/Reprodução: Original

Quais suas vantagens?

A moeda digital torna possível o deslocamento de dinheiro que não estão fisicamente presentes, o que implicaria em uma diminuição dos custos de emissão da moeda física e a facilitação do uso de tecnologias informatizadas como os “smart contracts”. Essa moeda digital não visa substituir o dinheiro físico, e sim funcionar como uma alternativa. Em meio às facilidades, está a probabilidade de fazer a transferência de mercadorias e dinheiro de forma conjunta.

O projeto de criação do Real Digital busca trabalhar com todos os procedimentos de pagamento já existentes, e conectar-se com os outros bancos centrais, para tornar mais acessível às transações financeiras entre as nações.

Por ser uma moeda virtual, espera-se facilidade ao transferir fundos para o exterior, inclusive para efetuar pagamento de serviços e até mesmo para o comércio internacional, mas para isso acontecer, a nova legislação cambial precisa ser aprovada, que está atualmente no Senado. 

O Banco Central divulgou as diretrizes que devem nortear o desenvolvimento da sua moeda digital. Para facilitar as transações, observou-se a necessidade de avaliar alternativas fora da internet para efetuar as transações, e cogita a utilização de QR Codes e Bluetooth. 

O Real Digital por enquanto está na sua fase de teste e não tem uma data concreta para seu lançamento, apesar de o BC afirmar que estará pronta em 2022, no mais tardar em 2023.

Outros artigos

Batons: tendência inverno 2013

11/04/2013

Batons: tendência inverno 2013

Os batons são marcas registradas na boca das mulheres no mundo inteiro, um look que conquista a atenção por onde se passa. As cores intensificam a moda fazendo cria ...