Principais erros na educação dos filhos

Em nossa atualidade, é perfeitamente comum nos depararmos com jovens e adultos ainda despreparados para a grande realidade que o mundo reserva: muitos destes…

Em nossa atualidade, é perfeitamente comum nos depararmos com jovens e adultos ainda despreparados para a grande realidade que o mundo reserva: muitos destes indivíduos são incapazes de tomarem suas próprias decisões e quando o fazem tendem ao erro, bem como se decepcionam facilmente com tudo e todos devido suas idealizações criadas.

Saiba quais são os principais erros na educação dos filhos

Este fator implica em uma série de medidas tomadas no passado de cada um, que são completamente interligadas à educação. Os pais, com o bom intuito de protegerem e zelarem por aqueles que amam, acabam desenvolvendo seres dependentes e muitas vezes fragilizados para com as circunstâncias da vida. Veja quais são os principais erros na educação dos filhos a fim de poder evitar futuros desgastes emocionais, materiais e psicológicos:

Televisão

Muitos pais, ao não possuírem tempo para seus filhos, compram um aparelho de TV para que faça companhia à criança, visto que este fantástico desenvolvimento da tecnologia é capaz de contar histórias e assim distrair o pequeno. Bem sabemos que a televisão é o maior inimigo do homem: ela pode ser usada de maneira adequada na difusão de boas informações, porém na crua realidade dos fatos, ela não forma indivíduos e sim os deforma. O telespectador começa a acreditar que sua vida deve ser como é representada na telinha e muitas vezes adere aos valores materialistas das novelas, documentários e filmes, fugindo totalmente da realidade  ética e da moral para com seus semelhantes.

A TV é um instrumento de grande influência na formação do caráter humano

No Brasil, diferentemente dos países europeus, ainda não existem leis que limitam a questão das propagandas em horários infantis e o incentivo ao consumismo exacerbado. Sem mencionar os programas com um forte apelo sexual que proporcionam uma maturidade precoce e diversos outros fatores de baixo nível moral é inevitável, posto que a cada dia as famílias se encontram cada vez mais desestruturadas. Por isso, é recomendável que programas adequados à idade e com valores apropriados sejam gravados e assim transmitidos à criança.

Repasse da educação

Este fator é muito frequente entre várias pessoas que, preocupadas com seu ofício e tarefas do dia-a-dia, acabam repassando a educação dos seus filhos a terceiros. É muito comum nos depararmos com crianças educadas pelos avós, babás ou empregadas em geral e isto acarreta uma série de consequências posteriores.

Repassar a educação de seu filho é uma atitude contrária ao amor para com a criança

Tanto os avós como outros responsáveis pela educação do pequeno farão sempre a vontade da criança em todos os aspectos possíveis e não a reprenderão quando necessário devido esta tarefa caber aos pais. Os avós tendem a ficar encantados com o novo netinho e assim estabelecem o mundo aos seus pés, de modo que muitas empregadas e babás também não repassam valores importantes como organização, caráter e formação individual. A consequência disto é um adulto mimado, desrespeitoso, difícil de lidar e muitas vezes depressivo por acreditar sempre que tudo e todos existem para servi-lo.

Lembre-se que criar um filho é uma enorme responsabilidade e por isso, jamais tome uma atitude oposta ao amor para com o pequeno inocente. Primeiro, se eduque para poder educar um novo ser, e assim faça do mundo e de sua própria vida algo melhor.

Liberdade sem discernimento

Ainda é dentro das normas da sociedade existirem famílias que pensam da seguinte maneira: “se eu não deixar, ele o fará escondido”, o que é sempre um grande e completo equívoco. Um indivíduo que cresce de acordo com estes padrões (baixos) de educação, futuramente tomará atitudes imaturas e inapropriadas perante as situações da vida, tendo ainda para consigo mesmo e para com os outros uma postura sempre “correta”. Uma pessoa educada desta forma é incapaz de aceitar conselhos e sugestões para o seu próprio bem e acredita sempre que pode fazer o que quer, mesmo que isso prejudique a si mesma e aos seus semelhantes.

Liberdade sem discernimento conduz qualquer indivíduo ao fracasso

Muitas famílias, para não caírem no risco de seus filhos serem rebeldes devido à liberdade em excesso, adotam drásticas medidas de proibição. As consequências desta atitude são ainda piores, visto que ao se tornar adulto, a pessoa será sempre dependente ou ainda mais incrédula com a realidade que a circunda. A chave para  ter sucesso na educação de seu filho é através do discernimento: transmita os valores éticos e morais, as ações de respeito ao próximo e instigue sempre a reflexão de suas próprias atitudes.

Importante

Dedique-se ao máximo enquanto seu filho ainda é pequeno ou jovem, visto que futuramente os resultados serão excelentes. Incentive-o a leitura de bons livros, à assistir programas de alto nível, a ser respeitoso, educado e ter muito discernimento, a fim de que possa fazer suas próprias escolhas e com sabedoria.

Saiba dialogar e tenha em mente que antes de mandarmos, devemos obedecer do mesmo modo que antes de ganharmos algo também devemos merecer. Feito, é perfeitamente compreensível que antes de educarmos alguém devemos ser educados e para isso é importante sermos humildes para reconhecermos. Portanto, se você quer um mundo melhor e pessoas magníficas a sua volta, comece por si mesmo – o bom exemplo é uma chave que abre muitas portas, independentemente da situação.

Top