Principais causas da queda de cabelo

A queda de cabelo é um problema que preocupa tanto os homens quanto as mulheres, de várias faixas etárias. Se você está entre essas…

A queda de cabelo é um problema que preocupa tanto os homens quanto as mulheres, de várias faixas etárias. Se você está entre essas pessoas, saiba quais são as principais causas da queda de cabelo e como evitá-la.

Quando a queda de cabelo começa a acontecer em excesso, é preciso procurar as causas do problema (Foto: Divulgação)

De acordo com especialistas, perder de 80 a 150 fios por dia, em média, é algo totalmente normal, devido ao processo natural de crescimento e queda dos fios. Mas quando a queda é bastante notada, com o acúmulo de fios no pente, na escova ou na roupa, é preciso investigar o que está acontecendo.

Ainda neste sentido, vale lembrar que as pessoas com cabelos crespos ou encaracolados, que só penteiam os fios quando lavam o cabelo (e não diariamente), podem ter um volume maior de queda no ato da lavagem, pois é ao pentear que percebe-se a queda dos fios capilares.

Receitas contra queda de cabelos

Vitamina para queda de cabelo

Principais causas da queda de cabelo

O stress está entre os motivos que levam à queda dos fios (Foto: Divulgação)

O alisamento e o clareamento, quando feitos em excesso, estão entre as principais causas da queda de cabelo, pois ressecam a fibra capilar, deixando-a menos resistente. Além deles, também podemos citar:

– Carência de vitaminas: a falta das vitaminas A, B5, B6, B8, B12, C e D, que trazem importantes nutrientes para garantir a qualidade dos fios dos cabelos.

– Stress: o aumento dos níveis de adrenalina e cortisona inibe a fase de crescimento dos fios, resultando na queda excessiva do cabelo.

– Anemia: a carência de ferro também afeta a saúde dos cabelos.

Continuar Lendo  Linha da Elseve contra queda de cabelo

– Distúrbios na tireoide: alterações nesta importante glândula, que determina o bom funcionamento do corpo, podem afetar até os fios.

– Gravidez: o aumento do nível de estrógeno, que ocorre durante a gestação, prolonga a fase de crescimento dos fios. Assim, após o parto, é comum que aconteça uma queda maior dos cabelos, situação que se normaliza alguns meses depois.

O uso excessivo do secador quente e de processos como alisamento e clareamento também contribui para a queda excessiva dos fios (Foto: Divulgação)

– Rabos de cavalo apertados, dreads e tranças coladas no couro cabeludo: ajudam a diminuir a resistência dos fios.

– Secador usado em excesso: o calor dele estimula a oleosidade e queima o couro cabeludo. Além disso, a força empregada na hora da escovação traumatiza os fios.

– Doença autoimune: a alopecia areata faz o cabelo cair de repente, deixando pelada uma área arredondada do couro cabeludo.

– Envelhecimento: o processo natural de envelhecimento também causa a queda de cabelo, que pode aparecer de forma acentuada nos casos de problemas genéticos e desníveis de hormônios.

Como parar a queda de cabelo

A queda dos cabelos é algo que assusta também aos homens (Foto: Divulgação)

Manter uma dieta equilibrada, evitar o uso excessivo de secador, diminuir o uso de produtos químicos para alisar e clarear os fios e evitar o stress são algumas das formas de parar a queda de cabelo.

Para os casos mais graves, é necessário procurar um dermatologista, médico indicado para avaliar o problema e indicar o melhor tratamento.

Top