Por que o doce é importante para a mulher

Comer doces é uma tarefa que satisfaz qualquer pessoa, seja homem ou mulher, independentemente da idade e do horário em que os açúcares são…

Por Andre em 19/02/2012

Estudos apontam que as mulheres têm mais vontade de comer doces do que os homens

Comer doces é uma tarefa que satisfaz qualquer pessoa, seja homem ou mulher, independentemente da idade e do horário em que os açúcares são ingeridos. Os doces podem ser apresentados na forma de chocolates, sorvetes, biscoitos, pães, deliciosas sobremesas e balas, entre tantas outras guloseimas.

De acordo com especialistas, essa tamanha necessidade de comer doces pode estar associada a variados fatores, dentre os quais muitos deles ligados ao cérebro, já que é comum aparecer uma sensação de bem-estar e felicidade logo após a ingestão de alimentos à base de açúcar.

A ingestão de doces proporciona uma maior velocidade aos neurotransmissores (substâncias que favorecem as comunicações entre os neurônios), fazendo com que a energia adquirida através dos açúcares chegue mais rápido aos músculos. Isso é um grande facilitador para quem precisa de alimentos que reponham a energia rapidamente, principalmente para aquelas pessoas que passam longos períodos em jejum.

Ligado a isso pode estar um dado interessante revelado por recentes pesquisas, que colocam as mulheres com uma maior vontade de comer doces em relação aos homens. Como as mulheres têm mais tendência a fazer rigorosas dietas, logo aparece uma vontade incessante de ingerir doces, para repor toda aquela energia que não foi adquirida.

Mas a importância do doce para a mulher não termina por aí.

Serotonina

Os doces contribuem para a liberação da serotonina, substância ligada à sensação de bem-estar

A serotonina é uma substância responsável por diversas funções, atuando na regulação do ciclo circadiano, na liberação de vários hormônios e na regulação do apetite e do sono, além de ser fundamental para as sensações de bem-estar e prazer. Quando ela está em baixa no organismo, o doce está entre os alimentos que podem ajudar em uma maior liberação de serotonina.

Durante a TPM (tensão pré-menstrual), ocorre nas mulheres uma queda hormonal, ligada diretamente à serotonina, e é por isso que na época da TPM as mulheres sentem uma grande vontade de consumir os doces.

Alternativas

O consumo exagerado de doces pode trazer alguns problemas, como aumento do peso, hipertensão, diabetes e colesterol alto. Para controlar a vontade de comer doces, a mulher pode incluir na dieta alimentos como maçã, banana, aveia, castanha do Pará, barras de cereais e grãos em geral, que também auxiliam na liberação de serotonina.

Evitar passar muito tempo sem se alimentar, ter horários definidos para as refeições e não fazer grandes estoques de biscoitos e doces em casa são atitudes que ajudam a controlar a vontade de comer doce.

Durante a TPM, as mulheres procuram ainda mais os doces

Top