Pisca-pisca: cuidados na compra

Com o Natal chegando, a procura de luzes para enfeite já começou. Mas, apesar da beleza dos itens, é necessário cuidado, pois a compra…

Por Élida Santos em 04/12/2012

Com o Natal chegando, a procura de luzes para enfeite já começou. Mas, apesar da beleza dos itens, é necessário cuidado, pois a compra de equipamentos de baixa qualidade ou uma instalação errada pode gerar acidentes. Para orientar os consumidores quanto à compra das lâmpadas adequadas e o uso correto, O Estado consultou a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) sobre o assunto.

Leia também: Decoração Externa De Natal Com Pisca-Pisca

O pisca-pisca deve ser de qualidade e testado pelo Inmetro para evitar acidentes (Foto: Divulgação)

Compre ‘pisca-pisca’ de qualidade e tenha cuidado com o local de instalação

Um ‘pisca-pisca’ é capaz de causar pequenos acidentes domésticos e até incêndios. Para evitar, ao máximo, esses incidentes é necessário não comprar produtos piratas e certificar-se sempre que as lâmpadas foras aprovadas pelo Inmetro. Além disso, não é indicado colocar as luzes de Natal próximas a cortinas ou materiais inflamáveis, pois elas podem esquentar demais e originar um incêndio.

Saiba mais sobre: Luminária Pisca-Pisca, Como Fazer

As luzes na parte interna não podem ficar perto de locais que pegam fogo facilmente, por medida de segurança (Foto: Divulgação)

Dicas de segurança: ‘pisca-pisca’

– Se a intenção é decorar os ambientes externos com luzes natalinas é necessário comprar produtos específicos para essas áreas. Estes vêm com proteção especial, pois ficarão expostos ao tempo e à chuva;

– Para instalar os ‘pisca-pisca’ é necessário buscar um profissional para evitar problemas com fios e curtos-circuitos;

– Dê preferência aos produtos com certificação do Inmetro e observe também as informações de consumo de energia;

– As árvores de Natal montadas dentro das casas devem ficar longe de outros móveis ou cortinas, pois no caso de haver acidentes com a eletricidade, podem pegar fogo com facilidade;

– É necessário ficar atento com relação a sobrecargas, pois uma quantidade excessiva de lâmpadas ligadas em uma mesma tomada e extensão pode gerar um problema maior, como um curto-circuito que evolui para chamas;

– Evite o uso do “T” (ou benjamim) e dê preferência ao filtro de linha;

– Se for mexer no ‘pisca-pisca’ da árvore de Natal para substituir lâmpadas queimadas, identifique as que necessitam ser trocadas e desligue da tomada antes de manuseá-las;

– Desligue a iluminação quando for  ficar fora de casa por longos períodos ou quando for dormir, para evitar possíveis acidentes e para economizar energia;

– Mantenha as crianças longe da instalação (principalmente das tomadas) e nunca permita que o ‘pisca-pisca’ seja desligado com um puxão pelos fios;

– A ligação das luzes na tomada só deve ser realizada após a conclusão da montagem, para evitar acidentes causados por falhas no isolamento de fios ou nas emendas;

– Não instale enfeites perto da rede de energia elétrica: é perigoso e pode causar acidentes.

Top