Como o outplacement trabalha a imagem corporativa?

Wagner Santos 24/08/2021 Notícias

Outplacement é uma abordagem relativamente nova no mercado, que está se popularizando nos últimos anos. Trata-se de um processo implementado nas empresas que visam ajudar o profissional que foi desligado a se recolocar no mercado mais rapidamente.

Cuidar dos colaboradores não é importante apenas enquanto eles estão trabalhando na corporação, mas também no momento dos desligamentos. Afinal, durante períodos de crise ou de reestruturação interna, por exemplo,  é comum que a empresa seja obrigada a realizar demissões. 

Ou seja, o profissional não é demitido por gerar algum problema. Além de que toda demissão é um momento de estresse para ambas as partes. Para os colaboradores, a demissão causa ansiedade, preocupação e pode ser até mesmo um período traumático. 

Por isso, é preciso realizar as demissões de forma respeitosa e empática para com os profissionais que estão sendo desligados. O outplacement é exatamente isso, uma abordagem para auxiliar as empresas a realizarem desligamentos humanizados.

Como? Este método se dá pela contratação de uma equipe especializada que proporcionará um apoio profissional e psicológico aos colaboradores que foram ou serão desligados.

O objetivo é ajudá-los a dar os primeiros passos após a demissão para que consigam novas oportunidades em um curto período – com mais tranquilidade. 

Os benefícios ficam claros, não é mesmo? Mas a questão que muitos desconhecem é que realizar esse procedimento traz tantas vantagens para as empresas como para os colaboradores, inclusive para manter uma boa imagem corporativa.

Saiba mais sobre esta abordagem e como ela trabalha a imagem das empresas. Além, é claro, de como o programa de outplacement funciona dentro das corporações. Acompanhe!

Como o programa de outplacement funciona?

O Outplacement é um processo que pode ser adotado por empresas para diminuir os impactos negativos de uma demissão na carreira do colaborador que será demitido. É um conjunto de soluções que visa tornar esse momento menos traumático.

O processo de outplacement passa pelo planejamento da demissão, para que seja feita da melhor forma, com empatia e cautela e parte para as orientações para que o colaborador consiga uma recolocação profissional de sucesso.

As empresas começam a auxiliar os colaboradores a se organizar financeiramente e se preparar – em todos os aspectos – para conseguir uma nova oportunidade. As empresas contratam as consultorias de Outplacement para humanizar esses momentos e otimizar algumas atividades.

Antes de indicar os treinamentos e fazer a análise comportamental dos colaboradores, essa abordagem pode ser feita antes mesmo do desligamento, fazendo  a elaboração do processo em si.

É nesta etapa que a consultoria foca suas atividades na empresa, otimizando o processo de desligamento. A primeira etapa, então, se dá pela análise do perfil do colaborador e o motivo do desligamento. 

Com isso, será possível planejar como a demissão será conduzida, quando iniciar a processo, qual sua duração, quais os próximos passos, como solucionar as questões burocráticas e resolver tudo sobre o desligamento. 

Afinal, todo esse processo precisa ser feito com cautela, de forma humanizada, com empatia e cuidado. 

O outplacement também ajuda a empresa a realizar a comunicação da demissão da melhor forma possível. Somente depois de indicar os motivos do desligamento, quais os benefícios o colaborador tem para receber, FGTS e todos os outros fatores,  a consultoria indicará quais os próximos passos de outplacement, como os treinamentos e capacitação.

Como é vantajoso para a imagem das empresas

Outplacement é uma abordagem que só traz vantagens para ambos os lados. Além de otimizar e ajudar a empresa a conduzir um processo seletivo humanizado, ela também auxilia no fortalecimento de imagem no mercado. 

Isso porque é um fator que contribui positivamente para imagem institucional, ao fortalecer o employer branding e aumentar o engajamento entre os colaboradores, melhorar o clima organizacional, fazendo com que a empresa se destaque no mercado corporativo.

Tudo isso faz com que a corporação ganhe vantagem competitiva em relação às outras empresas. A boa reputação não só atrai novos talentos, mas também é algo bem-visto por clientes, possíveis investidores e pelos próprios colaboradores que se sentem mais motivados.

Um dos pontos mais positivos é a diminuição de processos trabalhistas, por proporcionar uma boa experiência aos colaboradores após o desligamento. Isso porque uma demissão mal feita pode prejudicar a imagem corporativa.

Um ex-funcionário que se sente prejudicado, por exemplo, pode falar mal dos processos internos para colegas, para outras empresas e difamar a sua imagem no mercado. Além, é claro, de mover um processo trabalhista que traz mais transtornos para as empresas.

Outros artigos

Curso de Agrimensura SP Gratuito

03/11/2009

Curso de Agrimensura SP Gratuito

Para quem procura um curso profissionalizante a Etec - SP (Escola Técnica Pública Estadual de São Paulo), está oferecendo cursos gratuitos de Técnico em Agrimens...