Óleo de Cártamo para emagrecer

O que temos visto, ao longo dos anos, é a modificação dos conceitos a respeito de medicamentos. O que antes era considerado crendice passou…

O que temos visto, ao longo dos anos, é a modificação dos conceitos a respeito de medicamentos. O que antes era considerado crendice passou a ser respeitado, enquanto métodos farmacêuticos atuais vêm sendo deixados de lado em prol da fitoterapia.

Os princípios farmacêuticos de plantas são cada vez mais estudados cientificamente,e, vêm sendo isolados, tendo suas patentes registradas.

Uma das plantas visadas atualmente é o Cártamo. Trata-se de uma flor nativa da Índia que é cultivada há mais de dois mil anos para fins medicinais. Seu nome técnico é Carthamus tinctorius, que vem do hebraico e pode ser traduzido como “tingir com tinta” devido a tintura alaranjada obtida através de suas flores. Suas sementes são extremamente oleosas e são utilizadas tanto na criação de cosméticos quanto de Biodisel, além ainda da alimentação, sob a forma de cápsulas.

Um óleo que trás benefícios para sua saúde

Imagine poder combater o colesterol ruim e acelerar seu metabolismo apenas com uma cápsula natural. Estes são apenas alguns dos efeitos benéficos que o óleo de cártamo trás.

Um antioxidante natural, óleo de cártamo combate o envelhecimento da pele, possui ômega 3, a chamada gordura boa, além de possuir uma substância que acelera o metabolismo, forçando o organismo a usar a gordura já existente.

Além disso, com a ajuda do óleo de cártamo os músculos ganham definição facilmente. Ele reduz a celulite, modera o apetite e ajuda a combater inflamações intestinais. Como toda medicação, o óleo de cártamo não deve ser tomado indiscriminadamente, e caso possua algum problema de saúde, procure um médico.

O óleo de cártamo também é contra-indicado para lactantes, idosos e crianças. Quanto a diabéticos, estudos tem sido feitos a respeito do uso deste remédio, para definir se há risco para a saúde ou não. Nutricionistas aconselham associar as cápsulas de óleo de cártamo a exercícios físicos e uma alimentação balanceada

Óleo de cártamo é autorizado pela ANVISA

Desde fevereiro de 2009 a comercialização de óleo de cártamo é autorizada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) sendo enquadrado na categoria de novos alimentos e ingredientes, uma vez que se constitui por óleo vegetal, essa categoria abrange alimentos que não possuam tradição de consumo no Brasil.

Para emagrecer não existem fórmulas mágicas, mas toda ajuda sempre é bem vinda, então porque não aceitar a ajuda que a natureza nos dá?

Alimentação equilibrada, exercícios físicos e óleo de cártamo, uma ótima combinação para quem deseja alcançar o tão sonhado corpo em forma.

Top