Obama recebe Dilma em Nova York

A presidente Dilma Rousseff que está no Estados Unidos desde o último final de semana e esteve ontem com o presidente americano Barack Obama.…

A presidente Dilma Rousseff que está no Estados Unidos desde o último final de semana e esteve ontem com o presidente americano Barack Obama. A reunião, que aconteceu no Hotel Wordolf Astoria em Nova York, serviu para fechar um projeto que promove a transparência nas administrações dos governos, chamado de Parceria para Governo Aberto (OGP – Open Government Partnership).

O acordo traz medidas que devem ser adotadas pelas nações no que se trata a divulgar e proporcionar o acesso do povo a informações públicas, como a transparência orçamentária. O maior objetivo é incentivar uma maior participação social e deixar claro para a população sobre todo o dinheiro gasto e adquirido.

Além do Brasil e Estados Unidos participaram também os chefes de Estado do Reino Unido, África do Sul, Filipinas, Indonésia, México e Noruega. A cerimônia contava, além do Comitê Diretor de Parceria dos oito países, com nove organizações não governamentais, uma delas foi o Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos), representante do Brasil.

Essa ideia surgiu em Setembro de 2010 pelo presidente Obama e até o momento outros 30 países já oficializaram a sua intenção de participar do OGP.

Dilma Rousseff não foi até Nova York apenas para coordenar, junto a Obama, a reunião para formação do OGP. A presidente brasileira teve como compromisso principal na cidade fazer a abertura da Assembleia Geral da ONU, que aconteceu na manhã de hoje (21).

A 66ª Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas teve pela primeira vez uma voz feminina na abertura. Sim, nossa presidente recebeu o enorme prazer de ser escolhida como a primeira mulher ao fazer o discurso que inaugura o Debate Geral.

O discurso de Dilma na Assembleia foi focado na crise econômica e na necessidade de reforçar o Conselho de Segurança da ONU. A presidente recebeu aplausos calorosos e foi interrompida três vezes durante sua apresentação para ser aplaudida. “Tenho certeza que este será o século das mulheres” disse Dilma quando comentou da democracia e igualdade  que rodeiam o convite que lhe foi feito para inaugurar a ocasião.

Leia Também:  Como causar boa impressão no primeiro dia de trabalho

Top