O que fazer quando os problemas pessoais afetam o trabalho

Falta de dinheiro, brigas com familiares, separação, casos de doença de pessoas próximas a você, mudança de casa, complicações no casamento, todos esses problemas…

Em caso de doença, busque tratamento (Foto: Divulgação)

Falta de dinheiro, brigas com familiares, separação, casos de doença de pessoas próximas a você, mudança de casa, complicações no casamento, todos esses problemas são de ordem pessoal, que não desrespeitam o ambiente profissional. Porém, é complicado deixar fora da empresa as preocupações do dia-a-dia, do mesmo modo que é difícil não pensar em trabalho quando se está em casa.

Somos uma pessoa só quando estamos na companhia, realizando nossas funções como subordinado, e quando estamos em casa, fazendo afazeres cotidianos. Não tem como simplesmente esquecer de tudo, mas tem meios de se controlar emocionalmente. Ninguém trabalha simplesmente pelo prazer, a compensação financeira é necessária para que as contas de casa sejam pagas. Muitos deixariam de executar suas tarefas nas empresas atuais se não fossem pagos por isso. Então, tenha consciência que a situação pode piorar se você ficar desempregado.

Não se deixe abater (Foto: Divulgação)

É claro que o seu desempenho não será o mesmo se tiver preocupado com um assunto sério, porém, não deixe que isso lhe afete 100%. Chame o seu chefe para uma conversa séria. Explique o que está se passando, e o motivo pelo qual em alguns momentos você está desatento. Dessa forma ele vai saber o porque você está agindo de tal maneira.

No entanto, a solução dos seus problemas só cabe a você buscá-la. No caso de dinheiro solicite um aumento, se julgar que está trabalhando mais do que quando entrou na companhia, mas seja honesto consigo mesmo, para não cobrar algo que está além daquilo que realmente é justo. Procure trabalhos extras, aos finais de semana, onde você possa receber mais por isso.

Leia Também:  9/12 - Dia internacional de combate à corrupção

Já se aquilo que lhe aflige é um conflito familiar, ou no casamento, sente-se frente a frente com a pessoa ou pessoas envolvidas e resolva o impasse. Se não conseguir fazer isso sozinho busque ajuda, até mesmo psicológica se preciso. Porém, em caso de doença, o tratamento é a solução. O importante é não se desesperar e ir atrás daquilo que solucione ou amenize o problema. Ficar 24 horas do dia remoendo o problema, no horário de trabalho ou não, certamente não lhe ajudará.

Top