Mulher morre com choque de chapinha em Goiás

Uma manicure de 22 anos de idade acabou morrendo de um jeito inesperado. A moça usava uma chapinha e levou um choque. Kariny Matias Pires, de 22 anos foi encontrada por vizinhos, no chão da casa onde morava, com o equipamento na mão, na tarde de quarta-feira (25 de dezembro).

Chapinha teria sido o motivo da morte da jovem de 22 anos (Foto: Divulgação)

O perito Geraldo Pereira Armondes constatou que a vítima levou uma descarga elétrica de 220 volts, provavelmente porque o botão de liga e desliga estava sem a parte que protege a mão da pessoa que o usa. O aparelho estava ligado. “Com certeza ela levou um choque elétrico, porque continuou o contato do dedo com um fio desencapado do instrumento”, explicou o perito. A manicure morava com a mãe e filha de sete anos em uma casa de fundo a somente 1 mês.

Reply