quarta-feira, 8 de fevereiro de 2023 - 08/02/2023 06:39:32
MundodasTribos

O Microempreendedor individual 2011 (MEI) é responsável por fazer uma série de investimento no seu próprio negócio, sempre buscando crescimento e destaque na sua área de atuação. O sucesso com a empreitada não é tarefa simples, requer pesquisas de mercado e organização para que o dinheiro investido possa resultar em lucros.

Trabalhando por conta própria, o microempreendedor individual também precisa prestar contas e arcar com todas as responsabilidades do seu negócio. Dessa forma, o seu faturamento não pode ultrapassar o valor de R$ 36.000,00 por ano. Outro quesito importante no perfil desse profissional é não ter vínculo com outra empresa.

A legislação está criando condições para que os trabalhadores informais sejam reconhecidos no mercado pelo cargo de microempreendedor individual. Com a posição legalizada, o indivíduo cria um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e a partir disso pode contar com uma série de vantagens que até então eram inacessíveis devido ao caráter do trabalho informal.

Muitas pessoas ainda não sabem como funciona o microempreendedor individual, mas não há segredos para o cadastro ou participação efetiva da nova proposta de posicionamento no mercado de trabalho. O MEI com o registro devidamente efetuado, conta com facilidade para abrir contas bancárias, movimentar dinheiro, fazer empréstimos e financiamentos.

O Simples Nacional contribui com o microempreendedor, dispensando o mesmo do pagamento de tributos federais como Imposto de Renda e PIS. Vários profissionais já podem se cadastrar como MEI, como é o caso de artesãos, borracheiros, açougueiros, chocolateiros, comerciantes, fabricantes, entre muitos outros responsáveis pelo comando de pequenas empresas.

O microempreendedor individual conta com diversos benefícios, como cobertura previdenciária, menor custo para contratação de funcionários, emissão de alvará pela internet e serviços gratuitos. A declaração de microempreendedor individual é um dos compromissos do profissional cadastrado e consiste no pagamento de uma tarifa.

A responsabilidade do microempreendedor individual será o pagamento de uma taxa fixa por mês, de R$ 60,95 (comércio ou indústria) ou R$ 65,95 (prestação de serviços). Todas as tarifas que pagas pelo micro-negócio contam com descontos especiais.

Para mais informações, acesse o site Portal do Empreendedor.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Secadora de Roupas Brastemp Intelligent

Secadora de Roupas Brastemp Intelligent

Buffet Infantil em Osasco Fábrica da Alegria

Buffet Infantil em Osasco Fábrica da Alegria

Fuvest 2010: Isenção, Inscrições

Fuvest 2010: Isenção, Inscrições

Extrato Fgts Caixa Econômica Federal

Extrato Fgts Caixa Econômica Federal

Good Card Saldo e Extrato

Good Card Saldo e Extrato

Mormaii Óculos de Sol – Fotos, Onde Comprar

Mormaii Óculos de Sol – Fotos, Onde Comprar