Menopausa: entenda como funciona, dicas

Menopausa é o nome dado à última menstruação espontânea da mulher. O período da vida que antecede e precede a menopausa é chamado climatério,…

Menopausa é o nome dado à última menstruação espontânea da mulher. O período da vida que antecede e precede a menopausa é chamado climatério, que varia entre os 45 aos 60 anos. Durante essa fase, os ovários deixam de produzir os hormônios estrogênios e progestogênio. Isto ocorre de forma gradativa até perderem sua capacidade funcional por completo. Nesse período, a mulher deixa de ter a capacidade reprodutiva.

A menopausa não é uma patologia

A menopausa, diferente do que muitas mulheres pensam, não é uma doença. Ela se trata apenas de um estágio na vida da mulher. Porém, após estudos, foi comprovado que devido às modificações que ocorrem no organismo feminino, essa fase pode predispor o aparecimento, assim como o agravamento de várias doenças.

menopausa é o nome dado a última mentruação espontânea da mulher

Epidemiologia

É importante ressaltar que não existe idade predeterminada para a menopausa. Em geral, ocorre entre os 45 e os 55 anos. Porém, a depender do organismo da mulher pode ocorrer a partir dos 40 anos sem que isso seja uma anormalidade.

Diferente do que muita gente pensa, a idade que ocorrerá a menopausa não possui relação com a primeira menstruação, nem tampouco existe relação entre a idade familiar da menopausa.

Quadro Clínico

Como foi anteriormente mencionado, a principal característica da menopausa é a perda das menstruações. Porém, associado a essa pausa pode surgir outros sinais e sintomas, como:

  • Ondas de calor;
  • Suores noturnos;
  • Insônia;
  • Diminuição do desejo sexual;
  • Irritabilidade;
  • Depressão;
  • Ressecamento vaginal;
  • Dor durante o ato sexual;
  • Diminuição da atenção;
  • Diminuição da memória.
Leia Também:  Mpe Data SEBRAE www.mpedata.com.br

O estrogênio é o principal responsável pela manifestação clínica das pacientes e é o hormônio feminino mais importante (mais especificamente o estradiol, um tipo de estrogênio). Sua produção tem início na adolescência e colabora no aparecimento das características secundárias da mulher. Quando há sua ausência, pode ocasionar:

  • Os fogachos ( ondas de calor);
  • Alterar a textura da pele;
  • Colabora na deposição de gordura abdominal;
  • Afeta a lubrificação vaginal;
  • Aumenta os níveis de colesterol no sangue;
  • Afeta a auto estima da mulher;
  • Diminui a absorção de cálcio pelos ossos.

Assim, de forma geral, o estradiol é o principal responsável pelo aparecimento dos sintomas e sinais clássicos da menopausa.

O tratamento da menopausa é baseado na reposição hormonal.

Tratamento

O tratamento da menopausa se baseia na reposição hormonal, ou seja, na reposição do estrogênio. Muitos dados científicos mostram que há vantagens para a qualidade de vida da mulher que é tratada precocemente em relação à menopausa, se esta tiver sintomas. Porém, é importante ressaltar que o tratamento deve ser individualizado.  Dessa forma, o médico e paciente devem discutir todas as vantagens e riscos dos diversos tipos de terapia existentes e chegar a um consenso sobre o que fazer.

Vantagens

  • Redução do risco de osteoporose;
  • Melhora da depressão;
  • Melhora da atividade sexual;
  • Melhora da memória;
  • Melhora dos fogachos;
  • Protege contra o câncer de cólon;
  • Melhora a qualidade de vida da mulher.

Desvantagens

  • Custo do tratamento;
  • Tratamento prolongado;
  • Volta da menstruação em algumas mulheres;

Antes de iniciar com o uso de qualquer medicamento, procure uma orientação médica especializada. Assim, siga algumas orientações para que não sofra com transtornos futuros.

  • Nunca tratamento hormonal sem orientação médica;
  • Tratamento hormonal necessita de supervisão médica periódica, mesmo que esteja dando o resultado esperado;
  • Não abandone a terapia hormonal, sem orientação médica;
  • A parada do tratamento, sem orientação, pode trazer graves consequências ao seu organismo;
  • Todo medicamento pode apresentar efeitos colaterais, assim discuta com seu médico quais são os possíveis sinais e sintomas.

Atividade física pode auxiliar no controle dos sintomas da menopausa.

Conheça algumas dicas que podem auxiliar na menopausa

  • Pratique atividade física;
  • Mantenha um balanço calórico adequado para sua idade;
  • Consuma uma dieta rica em vegetais e frutas;
  • Escolha alimentos com grão integral e alimentos com fibras;
  • Coma peixe;
  • Diminua a ingestão de gorduras saturadas;
  • Prepare alimentos com pouco sal;
  • Aumente o consumo de fibras;
  • Consuma álcool com moderação;
  • Pare de fumar.
Leia Também:  Feirão 2012 da Casa Própria acontecerá em 5 capitais

Top